10 coisas que podem estar a fazer aumentar os seus níveis de glicemia

Estes comportamentos e hábitos alimentares devem ser evitados caso queira manter os seus níveis de açúcar no sangue sob controle

Todos temos algumas variações nos níveis de açúcar na corrente sanguínea. É normal. Habitualmente registamos “picos” altos e baixos antes e depois das refeições. Este tipo de variações pode causar fome e alguma letargia, assim como outros sintomas.

A diabetes é uma doença metabólica crónica que afeta milhares de pessoas em Portugal, sobretudo aquelas que têm mais de 50 anos. É caracterizada por níveis permanentemente elevados de glicemia (concentração de açúcar no sangue). A partir de uma certa idade é essencial que comece a ter um cuidado maior com a sua alimentação e que vá medindo os seus valores, de forma a garantir que tudo está sob controle.

[Leia também: 4 coisas que pode (e deve) fazer para fortalecer o seu sistema imunitário]

Existem alguns comportamentos e alimentos de risco que podem contribuir fortemente para o desequilíbrio (e aumento) destes níveis de glicemia. Conheça agora alguns dos principais que deve evitar.

 

  1. Carbo-hidratos e comida processada

Ao serem digeridos os carbo-hidratos transformam-se rapidamente em glicose, aumentando consideravelmente os níveis de açúcar no sangue. Os alimentos processados são especialmente perigosos devido à sua abundancia de açucares e adoçantes.

  1. Não comer um pequeno-almoço

Comer uma refeição saudável no começo da manhã é um habito que deve seguir. Caso decida “saltar” esta refeição pode criar um desequilíbrio que gera picos de açúcar no sangue durante todo o dia. Isto explica-se sobretudo devido ao efeito positivo que um pequeno-almoço pode ter no pâncreas e na capacidade de este produzir insulina.

  1. Adoçantes artificiais

Pode achar que este tipo de substitutos de açúcar são uma boa alternativa, no entanto os estudos parecem indicar que estes têm igualmente a capacidade de fazer aumentar os níveis de açúcar no sangue.

  1. Uma constipação

Apesar de podermos ter todos os cuidados possíveis, é inevitável que “apanhe” uma constipação de tempos a tempos. Ao tentar combater a infeção o nosso organismo irá acionar uma resposta imunitária e hormonal que pode fazer com que os níveis de açúcar aumentem.

  1. Falta de sono

Quando dormimos o nosso organismo limpa certas toxinas que naturalmente se acumulam ao longo do dia. Quando não conseguimos dormir bem o suficiente, o efeito é contrário. Menos de 6 horas de sono podem reduzir a tolerância à glucose e aumentar os níveis de açúcar.

  1. Desidratação

Manter-se bem hidratado é fundamental para assegurar o bem-estar e o estado de saúde geral do seu organismo. Até no que refere aos níveis de glicemia. Quando estamos mais desidratados, registamos uma produção hormonal antidiurética superior que pode encorajar o aumento dos níveis de açúcar na circulação sanguínea.

  1. Café

Mesmo que não coloque açúcar na sua chávena de café esta bebida é capaz de aumentar a glicose, sobretudo nos indivíduos que sejam mais sensíveis à cafeína. Procure testar se no seu caso regista alguns tipos de sintomas após beber café.

  1. Menstruação

Se ainda tiver ciclos menstruais, então saiba que isto pode influenciar os seus valores. O flutuar dos níveis hormonais acaba por influenciar os níveis de açúcar no sangue. Caso perceba que isto está a causar “picos” então procure reajustar a sua dieta e os seus comportamentos de forma a encontrar um novo equilíbrio.

  1. Stress

Quando estamos mais stressados, os nossos níveis de açúcar no sangue tendem a “disparar”. Isto acontece porque nestes momentos o nosso organismo liberta a hormona cortisol (conhecida como a hormona da “luta ou fuga”). Sempre que a produção desta hormona aumenta o nosso corpo torna-se menos sensível à insulina e assim menos capaz de regular os níveis de glicemia.

  1. Medicação

Certos tipos de medicamentos, como os corticosteroides, podem causar um aumento significativo dos níveis de glicemia. Medicação para a acne, pílula contraceptiva e antidepressivos são igualmente outros “agentes” que podem desregular os níveis de açúcar no sangue.

 

[Leia também: Toda a verdade sobre… a Beringela. Diabetes, colesterol ou falta de vitaminas? Este alimento ajuda]

 

 

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
Loading...