5 apps de meditação que pode (e deve) experimentar

Já experimentou alguma? Perceba porque esta pode ser uma boa estratégia para reduzir a sua ansiedade nos próximos dias

A meditação é um tema cada vez mais discutido nas nossas sociedades. Entre amigos e familiares é natural que já alguém lhe tenha procurado explicar os benefícios desta atividade relaxante. Desde ajudar a diminuir a pressão arterial, melhorar o sono, controlar a ansiedade ou até diminuir alguns sintomas incómodos da menopausa, a verdade é que a prática da meditação está a associada a uma série de aspetos positivos que prometem melhorar o seu bem-estar.

No entanto, apesar de já muitos de nós conhecermos os seus benefícios, pode continuar a ser algo difícil dar o primeiro passo e realmente experimentar esta prática. Muito acreditam que é algo demasiado exótico ou difícil, que apenas funciona para as pessoas mais relaxadas por natureza.

[Leia também: Mindfullness: dez dicas para ter uma vida mais tranquila]

Saiba que independentemente do seu tipo de personalidade e das suas necessidades, existe sempre uma razão pela qual deve dar uma chance à meditação. Melhor ainda existem um conjunto de aplicações para o tablet ou smartphone que prometem ajudar ao longo de todo o processo, garantindo que tem uma boa experiência que e que se mantém disciplinado ao longo dos exercícios.

Eis algumas boas aplicações que pode experimentar e que vão ao encontro das suas necessidades específicas. A melhor parte? Muitos destes serviços estão a disponibilizar de forma gratuita sessões de meditação para ajudar todos aqueles que enfrentam o atual surto e pandemia provocado pela Covid-19.

 

1. É um cético
Se nunca experimentou fazer meditação e se na verdade tem algumas dúvidas em relação aos supostos benefícios da mesma, então a aplicação “10% Happier” pode ser ideal para si. Baseada num livro escrito por Dan Harris, inclui no início um vídeo que conta de que forma a meditação foi importante para transformar a vida de Dan. A aplicação inclui 10 exercícios de meditação pensados em específico para as pessoas mais céticas.

2. Quer dormir melhor
A Calm afirma ser a melhor app para meditar, dormir e relaxar. Oferece sessões de meditação que duram cerca de 10 minutos e que são guiadas pela voz tranquila de Tamara Levitt. Cada sessão foca-se num tópico diferente, como a inveja, a gratidão, os erros, etc. Adicionalmente inclui as “Sleep Stories”, que são pequenas narrativas pensadas para o ajudar a dormir e que são narradas por nomes conhecidos como Matthew McConaughey ou Stephen Fry.

3. Precisa de uma comunidade
A Insight Timer dá-lhe acesso a mais de 15 000 sessões guiadas de meditação, podendo cada uma ser customizada conforme desejar. Nesta aplicação existe um grande foco na comunidade e na criação de grupos de apoio que ajudam a manter os participantes motivados, partilhando histórias das suas próprias jornadas.

4. Precisa de algo que o ajude a ganhar disciplina
A Headspace promete ajudar a que atinja uma vida mais saudável, feliz e descansada. No início escolha a razão que o está a levar querer experimentar a meditação e defina exatamente qual será a melhor forma de ajustar estas sessões ao seu dia-a-dia. Talvez o melhor será ao acordar antes de lavar os dentes ou então ao final do dia, antes de deitar. A Headspace vai ajudá-lo a criar uma boa rotina.

5. Não consegue estar parado
A Buddify procura quebrar a ideia de que temos que estar muito parados e bem sentados para conseguir relaxar. Esta aplicação foca-se na criação de sessões que vão desde os 4 até aos 30 minutos, pensadas para ser escutadas por pessoas que estão a andar, a correr, no trabalho ou no café. Trazer o mindfulness para a vida quotidiana, sem requerer uma prática formal de meditação é o objetivo deste serviço.

[Leia também: 5 formas (surpreendentes) como o coronavírus está a mudar a maneira como pensamos]

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...