5 sinais de que pode ter intolerância alimentar

Alergia alimentar e intolerância alimentar são condições diferentes, e, muitas vezes, chegam a ser confundidas. Leia este artigo para evitar esse erro.

Estima-se que as intolerâncias alimentares podem afetar grande parte da população adulta. Pelo contrário, as alergias alimentares têm uma incidência significativamente mais baixa em adultos.

Mas como podemos distinguir uma alergia de uma intolerância alimentar?

A intolerância alimentar é a sensibilidade que uma pessoa tem a determinado alimento. A intolerância pode ser a vários alimentos. Os mais comuns são: leite, vinho, camarão, chocolate, trigo, frutas secas, camarão. A intolerância à lactose é a mais conhecida. Os sintomas mais comuns da intolerância são náuseas, gases, inchaço, diarreia, cólicas, dor abdominal e assaduras.

Já a alergia alimentar é uma reação do sistema imunológico às proteínas do alimento. Surge depois que termos contato com o alimento. O quadro clínico pode ser semelhante à intolerância, mas a alergia geralmente associa-se a manifestações características, como comichões, inchaço, falta de ar, tosse, gases e tensão baixa. Essas reações são alérgicas, não sendo encontradas nos casos de intolerância.

Acha que já sabe identificar uma intolerância alimentar? Então, complete a sua informação com estes 5 sinais.

1- Dores nas articulações

Estima-se que milhões de pessoas em todo o mundo sofram de artrite ou de condições relacionadas. A inflamação ocorre quando o sistema imunológico do corpo atinge as articulações afetadas, causando dor e inchaço. Eliminar certos alimentos da sua dieta – o Instituto Português de Reumatologia aconselha a evitarem-se as gorduras e o excesso de açúcar, bem como os farináceos (pão, batata, arroz, massas, etc.) – pode ser benéfico para a sua saúde.

2- Cansaço

Uma em cada 10 pessoas sofrem de um cansaço constante, com as mulheres a terem uma maior tendência. Este sintoma é cada vez mais comum, no qual é relatado uma falta de energia regular.

De acordo com os resultados de um estudo da Universidade de York, 87% dos mais de 5 mil participantes envolvidos sofriam de baixos níveis de energia e foram encaminhados para a realização de um despiste de intolerância alimentar.

3- Enxaquecas

As enxaquecas podem ser debilitantes. Estudos clínicos constataram que identificar e remover alguns alimentos da sua dieta pode ser o suficiente para reduzir a gravidade e a frequência das dores de cabeça, ou até acabar com elas.

4- Problemas respiratórios

Fique a saber que se sentir o nariz entupido ou os seios nasais congestionados, pode ser culpa da sua alimentação.

A sinusite e a rinite são frequentemente causadas por uma inflamação. Como tal, evitar certos alimentos a que o seu organismo não reage bem (inflamação) pode ajudar a combater estes sintomas perturbadores.

5- Inchaço e flatulência

Por fim, todos nós, também, nos podemos encontrar inchados de vez em quando. A causa pode ser dos refrigerantes, do stress ou, até, da sua alimentação. Por isso, retire da sua dieta o que acha que pode estar a provocar esses inchaços regulares.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
Loading...