6 dicas para vencer a preguiça e começar a treinar

Nunca é tarde para dizer adeus ao sedentarismo e adotar hábitos de vida mais saudáveis. A prática de atividade física vai muito além de questões estéticas. Manter o corpo em movimento é fundamental para a saúde e previne uma série de doenças, como colesterol alto, osteoporose e diabetes. Descubra aqui seis dicas preciosas para se começar a exercitar.

Será que dá? Claro que sim! O site NextTribe mostra seis passos para colocar a academia, a corrida ou qualquer outro esporte de novo na agenda diária.

1. Consulte o seu médico

É a melhor forma de começar. Tenha ou não problemas de saúde que o possam condicionar, a opinião do médico é importante quando se começa a praticar exercício aos 50 anos. Só desta forma poderá ter a noção exata de eventuais riscos, ou a certeza de que pode começar já a treinar sem limitações.

2. Escolha uma modalidade

Uma simples caminhada diária de trinta minutos já é melhor do que nada, mas se quiser aliar a atividade física a alguma diversão, o melhor será escolher uma modalidade com aulas em grupo. A dança, a natação e a hidroginástica são modalidades que se praticam com outras pessoas e existem em quase todas as autarquias ou ginásios. Se preferir desportos individuais, poderá pensar em modalidades como a musculação, o remo, o ténis ou o golfe.

3. O que comer?

É importante que coma alguma coisa antes de praticar exercício físico. O ideal é comer pelo menos uma hora antes de iniciar o treino. No entanto, é preciso ter cuidado porque também não deverá comer qualquer coisa ou exagerar. Os melhores alimentos para ingerir antes de uma atividade física são os hidratos de carbono: cereais integrais, batata doce ou massas integrais, por exemplo. Pode complementar com frutas.

4.Leve um amigo

Uma das melhores formas de tornar o exercício físico agradável e regular é evitar torná-lo uma atividade solitária. Levar consigo um ou mais amigos irá aumentar a sua motivação e a dos outros, transformando o desporto numa rotina social, da qual não irá querer desistir à primeira oportunidade.

5. Equipe-se

Consoante a modalidade escolhida, certifique-se que tem o equipamento necessário. Praticar exercício físico com roupa desajustada pode tornar a experiência bastante desagradável e até conduzir a lesões desnecessárias.

6.Treine sem pressões

Lembre-se que está a fazer exercício pelos efeitos benéficos que ele tem e não para ir aos próximos Jogos Olímpicos. Não ceda à pressão de ir além daquilo que pode ir, mas também não se iniba de trabalhar bastante dentro dos seus limites seguros. Treine regularmente e, acima de tudo, divirta-se!

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Spotify reinventa (com humor) clássicos da música
Automonitor
Club MX-5 Portugal numa aventura pelos Vinhos do Alentejo