A bateria do seu telemóvel não dura nem um dia? Teste estas dicas

Tem de andar sempre com o carregador do seu telemóvel atrás porque a bateria não dura nem um dia? Está na altura de fazer pequenas alterações no seu telemóvel para conseguir poupar bateria.

Tem de andar sempre com o carregador do seu telemóvel atrás porque a bateria não dura nem um dia? Está na altura fazer pequenas alterações no seu telemóvel para conseguir poupar bateria. Descubra estas 12 dicas, de fácil implementação, que reunimos para si.

1. Escolher uma imagem de fundo escura para poupar bateria

A iluminação do visor do seu telemóvel consome muita energia, pelo que o ideal será optar por uma imagem de fundo que implique pouca luminosidade. Para tal, basta alterar para uma mais escura nas definições do seu smartphone.

Poderá ainda fazer o download de uma imagem de fundo que preze a poupança de bateria através da Play Store ou da Apple Store.

2. Desativar funções especiais

Alguns smartphones têm funções especiais que ajudam o consumidor na utilização do dispositivo. Disto é exemplo a “suspensão inteligente” – que utiliza a câmara frontal para manter o ecrã ligado enquanto o utilizador está a olhar para o mesmo – ou a possibilidade de tocar duas vezes no visor para desbloquear o dispositivo.

Estas funcionalidades especiais não ajudam a poupar bateria, pelo que o ideal será desativá-las. Por um lado, perde essa facilidade de utilização, mas, por outro, consegue prolongar a bateria do seu telemóvel.

3. Manter o telemóvel longe do calor

Certamente já reparou no quão quente fica o seu telemóvel por estar em contacto direto com o sol. A verdade é que temperaturas muito elevadas podem deixar alguns processos no telemóvel mais lentos e fazer com que estes, consequentemente, consumam muito mais energia. Sugerimos, então, que tente sempre deixar o seu smartphone à sombra, evitando o contacto com o sol.

4. Desativar a sincronização automática de dados

Em termos gerais, a sincronização automática permite-lhe receber, em tempo real e assim que ligado à Internet, notificações relativamente a uma app. Isto acontece, por exemplo, com o seu email (mal se conecta a uma rede, aparecem as suas notificações).

Porém, a sincronização automática de dados pode levar a um consumo mais elevado de bateria, pelo que desativar esta funcionalidade (nem que seja apenas para algumas aplicações) poderá ser uma opção viável. Se, porventura, optar por desativar, note que, no futuro, para poder sincronizar uma determinada aplicação terá de abri-la.

Dica para poupar dados móveis:

Defina a atualização de apps apenas com ligação por Wi-Fi à Internet. Desta forma, para atualizar as apps do seu telemóvel deve ir à Play Store ou à Apple Store, na secção das suas aplicações, e selecionar a opção de atualizar todas as apps.

Embora esta não seja uma dica de poupança de energia, sugerimos que, para evitar despesas avultadas na sua fatura e se não pretender esperar para ter acesso a uma rede Wi-Fi para realizar atualizações, opte por um pacote de telecomunicações com uma elevada quantidade de dados móveis no seu telemóvel.

5. Reduzir o brilho e o tempo de iluminação do ecrã

Existem duas outras dicas que condensámos numa só para poupar bateria no telemóvel e que estão em linha com a dica número um.

Nas definições do telemóvel, basta ir à secção da bateria e diminuir o brilho do visor e ainda reduzir o tempo de iluminação do ecrã. Este último corresponde à quantidade de tempo durante o qual o ecrã ficará iluminado mesmo sem estar a utilizar o smartphone.

No entanto, não exagere. A fraca luminosidade do visor do telemóvel pode ser prejudicial à sua visão, pelo que o ideal será reduzir o brilho somente até 50%.

6. Desligar Wi-Fi, dados móveis, Bluetooth e localização

Algumas funcionalidades do telemóvel são já consideradas essenciais para nós, utilizadores: seja o Bluetooth para conectar automaticamente ao nosso automóvel, seja a localização para podermos utilizar o GPS do smartphone.

No entanto, ao estarem sempre ligadas, estas funções não permitem poupar bateria. Ative estas funcionalidades apenas quando as for realmente utilizar. O mesmo se aplica às ligações Wi-Fi e dados móveis para aceder à Internet. Se não está a usufruir da Internet, desligue as ligações para poupar bateria no seu telemóvel.

7. Desativar a vibração das notificações ou as notificações por completo

Por exemplo: se apenas verifica o seu email pessoal à noite, para quê receber notificações sempre que recebe um email? Desative as notificações desta app, mas também de outras que não utiliza constantemente e verá que esta dica irá ajudá-lo a poupar imensa bateria.

Se necessita de ter algumas notificações ativas – como é o caso das mensagens – poderá ainda optar por desativar a vibração das mesmas.

Caso precise de poupar bateria ao máximo – por exemplo, se já está com pouca bateria e não consegue carregar de imediato o telemóvel – pode simplesmente desativar as notificações de todas as aplicações.

8. Remover widgets e desinstalar apps que não utiliza

É daquelas pessoas que tem muitas aplicações instaladas e não usa nem metade? Sabia que, para além de tirarem espaço da memória do seu telemóvel e de o tornarem mais lento, as sucessivas atualizações, notificações e sincronizações que essas apps vão sofrer consomem muita bateria? Opte por desinstalar apps que só lhe enchem o telemóvel.

Dica extra:

São muitos os smartphones que vêm de fábrica com uma panóplia de aplicações instaladas que nunca utilizou e muitas vezes nem sabe para que servem. Embora não as consiga eliminar, se fizer o processo de desinstalação ser-lhe-á apresentada a opção de repor a versão de origem, que é menos pesada para o seu telemóvel.

Deverá ter o mesmo pensamento para os widgets do seu telemóvel. Os widgets são atalhos das apps que poderá ter no ecrã principal do seu telemóvel, sendo os mais conhecidos os da meteorologia, do email ou de pesquisa no motor de busca predefinido.

Assim, se não dá uso aos widgets, mas estes continuam a fazer parte do ecrã principal do seu smartphone, está na altura de removê-los para conseguir poupar bateria.

9. Evitar utilizar apps que consomem muita bateria

Existem várias aplicações que consomem demasiada bateria do nosso telemóvel. Infelizmente, essas apps são regularmente utilizadas por muitos portugueses: Facebook, Instagram, Google Maps ou Waze são alguns dos exemplos.

Tente ao máximo não utilizar estas aplicações para conseguir poupar bateria, dando-lhes uso apenas em caso de real necessidade.

Mas estas não são as únicas. As operadoras de telecomunicações já oferecem diversas apps que lhe permitem ver televisão no seu smartphone, como é o caso da MEO Go, App TV Vodafone, App NOWO TV ou NOS TV. Uma vez que estas, para além de bateria, consomem bastante Internet, se não dispensa estas aplicações sugerimos que procure um pacote de telecomunicações com elevada quantidade de dados móveis.

10. Fechar apps em segundo plano

Uma facilidade que os smartphones têm reside na possibilidade de deixar aplicações abertas sem que esteja efetivamente a utilizá-las – são designadas “aplicações em segundo plano”.

No entanto, muitas pessoas esquecem-se de fechar estas appse, por isso, o desempenho do telemóvel é pior e consequentemente o consumo de energia é muito superior. Habitue-se a fechar as apps em segundo plano, pelo menos uma vez por dia, e verá a sua bateria durar mais tempo.

11. Ativar o modo de poupança de energia

Esta dica é das mais conhecidas: ativar o modo de poupança de energia. A verdade é que esta funcionalidade é-lhe sugerida automaticamente pelo telemóvel quando já tem pouca bateria, mas poderá acioná-la sempre que quiser, mesmo com a totalidade da bateria, especialmente se desejar poupar ao longo do dia.

12. Em caso de SOS: poupar bateria ao máximo

Esta última sugestão deve ser utilizada se estiver mesmo quase sem bateria no seu telemóvel.

Por um lado, pode optar pelo modo de ultrapoupança de energia, que apenas permite receber chamadas, enviar mensagens e pouco mais – é como se voltasse a ter um telemóvel dos antigos, com poucas funcionalidades e sem aplicações.

Por outro, existe ainda a possibilidade de ativar o modo de voo, que reduz ao máximo o gasto de bateria do seu smartphone. Esta opção desativa todas as funcionalidades do telemóvel, pelo que deverá ativar apenas se o telemóvel estiver com muito pouca bateria.

Ao seguir estas dicas de fácil implementação, conseguirá prolongar o tempo de vida da sua bateria. No entanto, existem outros fatores que não ajudam, como é o caso de carregar o telemóvel aos poucos, não o deixando chegar à carga total – este processo acaba por “viciar” a bateria do telemóvel e, assim, será (quase) impossível poupar no consumo.

Por fim, se utiliza muito o smartphone sugerimos que compre um powerbank, ou seja, um carregador portátil. Deste modo, não só consegue poupar bateria como também poderá carregá-la sem preocupações.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Mark Ronson desvenda futuro dos vídeos de música
Automonitor
Moto elétrica… de madeira chega em 2020