Afinal, com que frequência devemos lavar as toalhas e lençóis?

Estas são as dicas de que necessita para evitar cometer erros e assegurar o adequado cuidado dos tecidos lá de casa.

Com que frequência lava os seus lençóis? Todos os meses? Todas as semanas? De dois em dois dias? De acordo com um recente inquérito da Women`s Health a maior parte das pessoas lava com frequência este tipo de tecidos (lençóis e toalhas), no entanto nem sempre com a exata periodicidade que se recomenda.

A regra parece ser simples: todo o tipo de tecido que tenha um contacto habitual com a nossa pele deve ser lavado de uma forma bastante mais frequente do que todas as toalhas decorativas ou que os tecidos são menos usados.

[Leia também: 5 erros que todos cometemos na limpeza da casa]

Caso tenha curiosidade em perceber a forma como deve lavar os seus diferentes tipos de lençóis e toalhas, eis um guia criado pelo portal Considerable que promete ajudar.

 

  1. Toalhas de banho

Frequência recomendada de lavagem: 3 a 4 usos

Apesar de serem um tipo de tecido preparado para uma utilização regular e intensa, a verdade é que apenas passados alguns dias estas toalhas podem começar a cheirar mal – sobretudo se não as arejar adequadamente.

Caso pratique algum desporto e tenha que tomar mais duches do que o normal então deve lavar as toalhas com uma frequência ainda maior. De resto nunca deve partilhar a sua toalha com outra pessoa. Saiba também que nenhuma toalha deve durar uma “vida” pelo que é necessário que as vá substituindo com a passagem do tempo.

 

  1. Lençóis de cama

Frequência recomendada de lavagem: 2 em 2 semanas.

Dependendo dos casos e das pessoas, estes lençóis podem sofrer intensidades de uso diferentes. Como tal, a escolha de quando os lavar acaba por ser mais pessoal. É certo que se adora a sensação de lençóis lavados então não deve deixar passar mais do que 1 ou 2 semanas antes de os lavar. Por outro lado, se preferir um ambiente mais caseiro e acolhedor pode deixá-los ficar mais algum tempo.

No entanto existem exceções. Caso o tecido tenha nódoas, caso esteja doente, tenha o hábito de dormir nu ou se se deitar depois de um treino (sem tomar banho) então deve trocar mais frequentemente os lençóis. No verão é também recomendado que lave mais este tipo de tecidos.

 

  1. Toalha de cozinha / limpar pratos

Frequência recomendada de lavagem: uma vez por semana.

Mais uma vez, tudo depende um pouco da sua utilização. Este tipo de toalha pode acumular muita sujidade, gordura, restos de alimentos que em conjunto podem favorecer a formação de bactérias. Neste caso é recomendado que as troque todas as semanas. Já para as suas toalhas de cozinha mais decorativas pode reduzir a frequência de lavagens.

 

  1. Toalha de mãos

Frequência recomendada de lavagem: de 3 em 3 dias

Habitualmente este tipo de toalhas são colocadas em locais comuns e partilhadas por diversas pessoas. Como tal podem tornar-se facilmente “fontes” de contágio – sobretudo porque, normalmente, encontram-se em locais mais húmidos. É assim recomendado que tenha mais do que uma toalha de mãos sempre à disposição. O facto de serem mais pequenas torna a sua lavagem mais conveniente.

 

  1. Tapete de casa-de-banho

Frequência recomendada de lavagem: 2 em 2 semanas

Se tiver uma casa cheia de familiares que usem constantemente o duche e pisem este tapete então provavelmente deverá até trocá-lo todas as semanas. O importante é que consiga secar o tapete entre as utilizações. Evite manter o seu tapete húmido ou molhado, caso contrário o mais provável é que se formem germes e bactérias.

 

 

[Leia também: De limpar madeiras a refrescar sanitas. Eis 5 usos alternativos do amaciador de roupa]

 

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
Loading...