Com este frio mantenha a casa quente e poupe energia

Imprescindível estar a par.

Portugal é um dos quatro piores países da Europa em termos de conforto térmico em casa, com 18,9 por cento das pessoas a afirmarem que não conseguem manter a casa quente durante os meses mais frios do ano. Estes dados da Eurostat foram dados a conhecer em 2021, mas a realidade não se alterou.

Com a eletricidade mais cara em 2023, e o frio a manter-se nos próximos meses, a Thermor deixa algumas dicas para aquecer a casa e passar um inverno confortável, sem aumentar significativamente a conta da luz.

Faça contas antes de comprar uma solução de aquecimento. Muitas vezes o “barato sai caro”. Um equipamento com preço mais baixo pode ser energeticamente menos eficiente, ou nem ter potência suficiente para aquecer o espaço pretendido – ou seja, terá de estar ligado mais tempo, a consumir mais energia. Procure uma solução inovadora, eficiente e totalmente ajustada à dimensão do espaço que pretende aquecer e às suas necessidades.

Não basta um sistema eficiente para poupar na eletricidade. Se a casa tiver problemas estruturais e permitir perdas de calor, a conta será sempre mais elevada. Verifique o isolamento de portas e janelas, e invista em estores térmicos. Pode parecer estranho, mas uma casa com cortinados e tapetes corretos também ajuda a manter a temperatura.

E se pudesse chegar a uma casa já quentinha, com a temperatura ideal? Se puder invista na Domótica, até porque as vantagens vão além do conforto. Através de uma app pode ligar e desligar os aparelhos e otimizar toda a gestão para manter uma temperatura estável, e reduzir oscilações de temperatura que têm posteriormente de ser compensadas pelos equipamentos de aquecimento. Pode ainda, de uma forma simples e rápida, programar e ajustar o uso dos equipamentos às tarifas bi-horárias garantindo que os equipamentos funcionam em período em que o custo da eletricidade é mais baixo, nomeadamente à noite. A gestão mais eficiente permite, assim, poupar o ambiente e a sua carteira.

Numa lógica de eficiência energética, não deve estar inverno lá fora e verão dentro de casa. A Thermor aconselha a manter uma temperatura ideal no inverno de 21 graus. É aconselhável que a temperatura seja equilibrada, isto é, que não nos faça sentir frio ou calor. Para isso devemos levar em conta vários fatores, como a temperatura externa e a humidade relativa do ambiente, que influencia diretamente a nossa sensação térmica. Para evitar o desperdício de energia, o termostato nunca deve exceder esta temperatura.

Portugal é o país do sol, mesmo no inverno, nem que seja por alguns minutos. O sol é uma fonte fantástica de calor gratuita. Sempre que possível abra as cortinas e persianas durante o dia, aproveite o efeito estufa e deixe o sol aquecer naturalmente a casa.

Ler Mais


loading...
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

44 − = 42