Eliminar o glúten da dieta é importante para perder peso?

Um estudo recente diz que 32% dos participantes acreditava que os médicos prescreviam dietas sem glúten para perda de peso. No entanto, não há evidências que sugiram que eliminar o glúten, sem fazer outras mudanças na alimentação, ajude a atingir esse objetivo.

Hoje em dia, com tanta desinformação a envolver a alimentação e a saúde, é cada vez mais difícil separar os mitos das realidades. Devido a equívocos sobre a intolerância ao glúten e, em parte, – a conexões feitas com o açúcar e a tendência de que os alimentos com glúten sejam ricos em hidratos de carbono -, muitas pessoas supõem que o glúten tenha efeitos negativos na digestão e no aumento de peso. Aliás, foi o que um estudo (link) da Universidade da Flórida, nos Estados Unidos, veio comprovar.

Com efeito, a equipa de investigação apresentou aos participantes quatro produtos de bolachas (2) e batatas fritas (2), em que um de cada era rotulado de “sem glúten” e o outro de “tradicional”, apesar de todos os produtos serem isentos de glúten. No final, como seria de esperar, não foram encontradas diferenças significativas ao nível da apresentação geral, do seu paladar ou da textura em qualquer par de produtos.

No entanto, 57% dos participantes concordaram que as dietas sem glúten eram prescritas para tratar condições médicas, enquanto 32% acreditavam que estas eram prescritas para perder peso. Entre outras crenças no grupo de participantes, incluía-se a de que a exclusão do glúten da dieta melhoraria a saúde geral (31%), a saúde digestiva (35%) e mesmo a saúde da pele (21%).

Os resultados deste estudo indicaram que os rótulos “sem glúten” não afetam significativamente a perceção do consumidor sobre a qualidade dos alimentos, embora os consumidores possam ter crenças infundadas sobre o seu efeito na saúde e o potencial impacto positivo das dietas sem glúten.

Segundo o site “The daily meal”, eliminar o glúten pode significar, ainda, uma ingestão mais reduzida de fibra na dieta. Pois, muitos produtos sem glúten «são feitos sem o nutriente crucial, sendo-lhes adicionado açúcar e sal».

Açúcar e glúten

Há muitos alimentos açucarados que não têm glúten. Portanto, não há provas científicas que provem que eliminar o glúten possa suprimir todos os desequilíbrios que podem, ou não, estar a acontecer devido ao açúcar.

Hidratos de carbono e glúten

Os alimentos com glúten costumam ter hidratos de carbono, o que não significa que todos os alimentos sem glúten são low-carb. Isto porque, muitos alimentos ricos em hidratos de carbono estão incluídos numa dieta sem glúten. O arroz, a fruta e as batatas, por exemplo, são alimentos isentos de glúten e ricos em hidratos de carbono.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Spotify reinventa (com humor) clássicos da música
Automonitor
Club MX-5 Portugal numa aventura pelos Vinhos do Alentejo