Se está com dúvidas, estes exames confirmam o início da menopausa

Os exames na menopausa são tão importantes quanto os realizados ao longo da vida reprodutiva.

Durante menopausa, a irregularidade dos ciclos menstruais leva muitas mulheres a achar que pararam de ovular e, algum tempo depois, voltar a estar novamente menstruadas. Por isso, a menopausa só pode ser confirmada após 12 meses da última menstruação.

No entanto, pode-se fazer a confirmação laboratorial.

Nesse caso, o médico solicita a realização de alguns exames de sangue, tais como as dosagens de:

  • prolactina, cujo aumento leva à amenorreia (atraso ou interrupção dos ciclos);
  • hormona tireoestimulante (TSH), o qual é associado ao distireoidismo, sendo utilizado para investigar o desequilíbrio hormonal;
  • hormona folículo estimulante (FSH), cuja concentração aumentada reflete o esgotamento da reserva folicular ovariana;
  • estradiol (E2), cuja produção se torna mínima, sendo suficiente, apenas, para manter o equilíbrio endocrinológico e clínico.
  • existe, ainda, outra situação na qual a realização de exames com objetivos comprobatórios é indicada: pessoas com menos de 40 anos que pararam de menstruar.

Neste último caso a falta da menstruação pode decorrer da insuficiência ovariana prematura (IOP). Conhecida como menopausa precoce, essa condição também é investigada através das dosagens mencionadas, além do histórico clínico e exames físicos.

 


loading...
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

36 + = 45