Harley-Davidson Road King: o som inconfundível aliado ao visual clássico

Conheça a descendente direta da Electra Glide Sport.

De pneus largos com faixas brancas, jantes raiadas e cromadas, alforges em pele e um disco de travão que faz a jante brilhar mais, percebe-se as razões pelas quais esta moto é o “rei da estrada”.

A nova Road King de 2019 tem um visual clássico, que aos olhos menos treinados pode assemelhar-se a um modelo já com alguns anos. O para-brisas é grande e protege do vento e da chuva na condução em estrada aberta, mas pode atrapalhar a visibilidade na condução em cidade. Seja como for, a Harley-Davidson Road King não é uma moto de cidade, mas sim para viagem e passeios, pelo que pode sempre tirá-lo quando não for necessário.

Este novo modelo da Harley-Davidson não desilude quem já conhece a marca, ou quem dela espera um motor robusto. O Milwaukee-Eight 107, com um binário de 150 nm, tem um som inconfundível, que se destaca de todas as outras motos. A embraiagem pode ser também um pouco resistente no arranque a frio, sendo mais uma razão para esta não ser uma moto de ambiente citadino. Outro bónus deste novo modelo é o facto de poder ser economicamente uma agradável surpresa. Isto porque o seu consumo médio ronda os 5,9 l/100 km e a sua capacidade do depósito (22,7 litros) pode garantir uma autonomia mais do que suficiente.

CARACTERÍSTICAS

O motor é refrigerado por ar, com uma cilindrada de 1745 cc. O seu sistema de combustível é de injeção de porta sequencial eletrónica (ESPFI) e tem um sistema de escape duplo 2-1-2 cromado com silenciadores crónicos. Com mais de 2 metros de comprimento, a Road King da Harley-Davidson tem uma altura do assento, sem carga, de 705 mm e uma distância ao solo de 135 mm. Esta moto, com um peso de marcha de 379 kg, tem uma capacidade de bagagem de 0,064 m3 e de óleo (com filtro) de 4,9 l. 112.

 

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...