Revelamos tudo sobre a dieta japonesa e, acredite, que vai gostar de saber

Já reparou como os japoneses são elegantes? A razão está aqui, nesta dieta.

A dieta japonesa é composta por apenas 3 refeições: pequeno-almoço, almoço e jantar. Essas refeições são compostas principalmente por vegetais frescos, frutas, ovos, peixes, cereais, soja e frutos do mar.

Além disso, é importante beber o mínimo de 2 litros de água por dia para se manter hidratado e ajudar a controlar a fome, sendo recomendada a ingestão de chás ao longo.

Alimentos permitidos
Os alimentos que podem ser consumidos durante a dieta japonesa são:

Peixes e frutos do mar, como tilápia, robalo, namorado, camarão, lula ou polvo;
Proteínas magras, como ovos, frango e carne bovina magra;
Soja e derivados, como soja, tofu, miso, natto ou edamame;
Cereais, como arroz, pão e macarrão;
Frutas frescas, como mamão, tangerina, laranja, kiwi, abacaxi ou banana;
Vegetais, como espinafre, repolho, couve chinesa, rabanete, picles de vegetais, pimentão, tomate, broto de feijão ou beringela;
Algas marinhas.
Além disso, na dieta japonesa o consumo diário de chás, especialmente o chá verde também é importante para aumentar o metabolismo e ajudar na perda de peso.

Alimentos que devem ser evitados
Os alimentos que devem ser evitados na dieta japonesa são principalmente:

Laticínios, como leite, iogurte ou queijos;
Carne vermelha com muita gordura, como picanha, carneiro ou cordeiro;
Gordura em excesso, como margarina, óleos para cozinhar, como soja, girassol, molhos prontos;
Alimentos com açúcar, como cereal matinal, barra de cereais, doces em geral e refrigerantes.
Na dieta japonesa é fundamental também evitar o consumo de alimentos industrializados, como fast food, comidas prontas congeladas e sorvetes, pois estes tipos de alimentos podem atrapalhar o emagrecimento.

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...