Será mesmo o chocolate o mau da fita? Ou terá ele benefícios escondidos?

Vamos lá descobrir.

Pois é verdade, nem tudo é mau quando se fala de chocolate. Desde que não seja consumido em excesso até pode ter benefícios para a saúde.

Nutritivo
Quanto maior o teor de cacau mais nutritivo ele é. É rico em mineiras e é fonte de fibra, potássio, fósforo, zinco e selênio. O chocolate amargo também contém estimulantes, como cafeína e teobromina.

Fonte de antioxidantes
O chocolate amargo têm uma variedade de antioxidantes, polifenóis e flavonóis.

Pode melhorar a tensão arterial
Os flavonoides podem estimular o endotélio (revestimento das artérias) a produzir óxido nítrico. Os compostos bioativos do cacau podem melhorar o fluxo sanguíneo nas artérias e causar uma leve diminuição da tensão arterial.

Reduz o colesterol
Estudos mostram que o consumo moderado de chocolate aumenta o HDL (colesterol bom) em participantes que tinham LDL alto, graças ao teor de antioxidante.

Pode reduzir o risco de doenças cardíacas
Devido aos efeitos sobre o colesterol, os compostos do chocolate amargo podem reduzir o risco de doenças cardíacas, conforme indicam pesquisas.

Em 2006, um estudo com 470 homens mais velhos apontou que o alimento reduziu o risco de morte por doença cardíaca em 50% em 15 anos. Em 2011, outra pesquisa revelou que comer chocolate duas ou mais vezes por semana reduziu em 32%o risco de placa calcificada nas artérias. Outro estudo indicou que a ingestão mais de cinco vezes por semana diminuiu as hipóteses de doenças cardíacas em 57%.

Pode proteger a pele
Estudos indicam que os compostos bioativos do chocolate amargo também podem ser aliados da pele e protegê-la dos danos do sol.

Pode melhorar a função cerebral
Um estudo com voluntários saudáveis ​​mostrou que comer cacau com alto teor de flavanol durante cinco dias melhorou o fluxo sanguíneo do cérebro.

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...