Urina transparente é sinal de saúde: verdade ou mito?

Fomos ver o que um especialista tem a dizer.

A cor da urina está envolta em algumas crenças. Há teorias que dizem que a primeira urina da manhã é a mais importante. Será que há algum teor de verdade nisto?

A ciência é clara. Citado pelo portal online Lusíadas SaúdeMiguel Cabrita, urologista no Hospital Lusíadas Albufeira, ajuda-nos a esclarecer as principais questões relacionadas com a cor da urina.

1. Urina transparente é sinal de saúde

Mito: a urina muito clara pode dever-se à ingestão de água em excesso ou indicar uma incapacidade do rim de concentrar urina. No primeiro caso, saiba que pode ser prejudicial se ocorrer edema em diferentes órgãos, sendo o perigo maior se tal acontecer no cérebro, enquanto na segunda hipótese, a insuficiência renal pela não depuração de metabolitos pode ser fatal.

2. A cor da primeira urina da manhã é a mais relevante

Facto: a primeira urina é geralmente mais concentrada, pelo facto de não bebermos água à noite. Nesse sentido, a cor da urina será mais evidente no início do dia. No entanto, esteja atento a possíveis alterações da normal cor da urina a qualquer hora do dia.

3. A cor da urina varia muito de pessoa para pessoa

Mito: a cor é universal para toda a espécie humana. Deve ser amarela e translúcida. O que pode variar é a intensidade do amarelo, caso a pessoa bebe pouca água para as necessidades do organismo. Por vezes, isso acontece durante a estação quente, sendo os idosos e as crianças os grupos de maior risco.

4. Urina avermelhada é um sinal de alarme

Facto: a coloração vermelha da urina deve-se quase sempre a uma perda de sangue. O mais frequente é tratar-se de uma infecção, um cálculo renal ou uma neoplasia. A situação deve ser avaliada pelo médico, mas existem alimentos com pigmento que podem igualmente dar uma tonalidade avermelhada à urina, como é o caso da beterraba.

5. Urina castanha indica falta de água

Mito: a desidratação apenas torna mais denso o amarelo da urina. Urina muito escura ou castanha pode aparecer nas situações de icterícia provocada pela obstrução da vesícula biliar, por um cálculo ou neoplasia. Nestes casos, deverá procurar a opinião de um médico.

6. Por norma, a urina tem espuma e pode até mostrar-se efervescente

Mito: a presença de espuma e/ou efervescência na urina está geralmente associada à perda de proteína. As proteínas, nomeadamente a albumina, são moléculas muito grandes que só passam para a urina se existir uma lesão renal a impedir a sua filtragem, mesmo com uma dieta rica em proteína.

7. Urina esbranquiçada indica uma infecção

Facto: a urina espessa e esbranquiçada geralmente traduz a existência de uma infecção. No entanto, tenha atenção ao facto de existirem grupos de pessoas que podem não ter queixas e que exigem uma maior atenção, como é o caso das crianças mais pequenas, idosos, acamados, algaliados crónicos e diabéticos. Nestes casos, pela ausência de queixas, as infecções podem ser detectadas tardiamente, estando associadas a uma maior mortalidade.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Mark Ronson desvenda futuro dos vídeos de música
Automonitor
Moto elétrica… de madeira chega em 2020