10 superalimentos essenciais para mulheres com mais de 50

Perceba de que forma pode (e deve) suplementar o seu organismo com estes ingredientes

Cumprir uma alimentação saudável é importante para qualquer pessoa, independentemente da idade. No entanto, ao longo do nosso envelhecimento as necessidades do corpo vão-se alterando. Existe é fundamental assegurar que a nossa dieta se encontra ajustada a estas modificações.

[Leia também: Cinco perguntas sobre superalimentos respondidas por um médico]

Com a idade, as mulheres vão enfrentando diversos desafios para a sua saúde e bem-estar. Gravidez, ossos mais fracos, desidratação e até cancro da mama, são alguns dos mais comuns. Uma boa alimentação pode ajudar a recuperar e proteger o corpo de algumas destas “ameaças”.

Eis 10 tipos de superalimentos, ricos em nutrientes e benefícios, capazes de proteger o seu organismo ao longo da vida e estimular as suas funções vitais.

 

  1. Edamame

Este tipo de vagem verde de soja está repleta de fibra, gorduras saudáveis e compostos semelhantes ao estrogénio chamados isoflavonas. Este tipo de compostos orgânicos de origem vegetal podem ser seus aliados ao longo da menopausa, reduzindo os afrontamentos.

  1. Couve

As folhas verdes da couve são compostas por níveis elevados de vitamina K que, em conjunto com o cálcio e a vitamina D, vai contribuir para ter ossos mais fortes e saudáveis. Uma simples dose de couve contém cerca de 20% dos níveis recomendados de vitamina A e C.

  1. Espargos

Este é outro alimento ideal para manter a sua estrutura óssea saudável. Esta é uma fonte ideal de vitamina K, que oferece igualmente uma dose interessante de ácido fólico. Este é um composto fundamental para proteger o material genético.

  1. Feijões

Repletos de proteína e sem o excesso de gordura presente nas carnes. São igualmente uma excelente fonte de fibra, capaz de ajudar a reduzir a sua pressão arterial, níveis de glucose e ritmo cardíaco.

  1. Toranja

Esta é uma fruta repleta de importantes flavonoides capazes de ajudar a reduzir o risco de certos tipos de doenças cardíacas. As toranjas têm ainda menos açúcar que as laranjas e são uma fruta ideal para acompanhar o seu pequeno-almoço.

  1. Papaia

A sua vermelha e alaranjada é explicada pela presença de carotenos e licopenos. Esta substância carotenoide é capaz de reduzir o risco de cancro cervical e cancro de mama. A papaia é também um poderoso antioxidante que irá ajudar a manter níveis saudáveis de colesterol e contribuir para o controlo da pressão arterial.

[Leia também: Da Papaia ao Kimchi. Estes são os 5 alimentos que realmente ajudam a aliviar os gases]

  1. Sardinhas

Sim, estes peixes são seus aliados. Estão repletos de gorduras saudáveis, vitamina D e cálcio. Os seus níveis de Omega-3 podem melhorar a qualidade do leite materno. Habitualmente as sardinhas têm também menos mercúrio que outros tipos de peixe.

  1. Nozes

Este fruto seco está igualmente repleto de ácidos gordos saudáveis, podendo ajudar a prevenir o aparecimento de certos tipos de cancro. Procure adicionar este ingrediente a uma dieta equilibrada. Misture com iogurte, por exemplo.

[Leia também: Noz: um aliado do corpo e da mente]

  1. Abacate

Sim, é um alimento cheio de gordura, mas felizmente é do tipo saudável. Diversos estudos têm apontado para os benefícios do abacate, tanto no que diz respeito à saúde ocular como para o bem-estar da pele. Ajuda ainda a diminuir o “mau” colesterol.

[Leia também: Abacate. 5 receitas para aproveitar o fruto da moda]

  1. Batata doce

Fibra, cobre, vitamina B6, potássio, ferro, são tudo “agentes” que fazem parte da composição da batata doce. Adicionalmente este alimento está repleto de carotenos e como tal é uma excelente fonte de vitamina A. É aconselhado o consumo de batata doce ao longo da gravidez.

 

[Leia também: Truques para aproveitar sobras de frutas e legumes]

 

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
Loading...