Está a pensar comprar casa? Estes são os municípios mais baratos

Fique a par e faça a sua escolha.

Dos 25 municípios mais baratos para comprar casa em Portugal, Nisa no distrito de Portalegre, ocupa o primeiro lugar. Os proprietários deste município pedem, em média, 420 euros por metro quadrado (euros/m2), sendo este o metro quadrado mais barato do país para comprar casa, segundo um estudo do idealista, o Marketplace imobiliário de Portugal, com base no relatório de preços de venda do idealista de dezembro de 2022.

 

O ranking dos dez municípios mais baratos completa-se com Penamacor, em Castelo Branco (431 euros/m2), Góis, em Coimbra (457 euros/m2), Fronteira, em Portalegre (471 euros/m2), Penacova, em Coimbra (472 euros/m2), Sabugal, na Guarda (492 euros/m2), Crato, Portalegre (501 euros/m2), Nelas, em Viseu (505 euros/m2), Arganil, em Coimbra (509 euros/m2) e Penela, em Coimbra (510 euros/m2).

 

Por menos de 600 euros por metro quadrado, encontram-se ainda os municípios de Gavião, em Portalegre (515 euros/m2), Pampilhosa da Serra, em Coimbra (524 euros/m2), Idanha-a-Nova, em Castelo Branco (528 euros/m2), Proença-a-Nova, em Castelo Branco (530 euros/m2), Monforte, em Portalegre (533 euros/m2), Mação, em Santarém (535 euros/m2) e Avis, em Portalegre (544 euros/m2).

 

O ranking continua com Melgaço, em Viana do Castelo (545 euros/m2), Gouveia, na Guarda (546 euros/m2), Celorico da Beira, na Guarda (548 euros/m2), Cinfães, em Viseu (549 euros/m2), Santa Comba Dão, em Viseu (556 euros/m2), Castanheira de Pera, em Leiria (560 euros/m2) e Chamusca, em Santarém (566 euros/m2).

 

No último lugar do ranking, encontra-se o município de Alter do Chão, em Portalegre, custando o metro quadrado 569 euros.

 

Os municípios baratos por distrito e ilha

O estudo realizado pelo idealista também encontrou as localidades mais baratas para comprar casa em Portugal de cada distrito. Para além dos municípios já mencionados no ranking dos 25 mais baratos, seguem-se Vidigueira, em Beja (583 euros/m2), Valpaços, em Vila Real (629 euros/m2), Sever do Vouga, em Aveiro (657 euros/m2), Macedo de Cavaleiros, em Bragança (704 euros/m2) e Portel, em Évora (705 euros/m2).

 

Segue-se Baião, no Porto (718 euros/m2), Cabeceiras de Basto, em Braga (758 euros/m2), Nordeste, na ilha de São Miguel (767 euros/m2), Alcoutim, em Faro (833 euros/m2), Praia da Vitória, na ilha Terceira (916 euros/m2), Cadaval, em Lisboa (1.059 euros/m2), Horta, na ilha do Faial (1.135 euros/m2), São Vicente, na ilha da Madeira (1.279 euros/m2) e Santiago do Cacém, em Setúbal (1.561 euros/m2).

Os 25 municípios mais baratos de Portugal

 Tabla Descripción generada automáticamente

Os municípios mais baratos por cada distrito/ilha

Pré-visualização da imagem

Ler Mais


loading...
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

+ 79 = 83