Infarmed ordena retirada de fármacos para azia devido a possível carcinógeno

Toma medicamentos para a azia, refluxo, úlcera duodenal ou gástrica? Este alerta é para si,

O Infarmed ordenou este sábado a recolha e retirada imediata do mercado de uma série de lotes de medicamentos protetores gástricos (para a azia, refluxo ou úlcera duodenal ou gástrica) contendo o princípio ativo ranitidina, depois de ter sido detetada a presença de uma substância potencialmente carcinogénia na sua composição.

“Na sequência da deteção de uma impureza, N-Nitrosodimethylamine (NDMA), na substância ativa ranitidina, o Infarmed determina a recolha e suspensão imediata da comercialização dos lotes de medicamentos descritos no Anexo I”, pode ler-se num comunicado da Autoridade Nacional do Medicamento.

“As entidades que possuam embalagens pertencentes a estes lotes em stock não as podem vender, dispensar ou administrar, devendo proceder à sua devolução”, acrescenta.

Já os doentes que disponham de embalagens pertencentes a estes lotes devem “contactar o farmacêutico para as poderem substituir por uma embalagem de outro lote ou o médico no caso de ser prescrito um medicamento alternativo.”

  • Leia aqui o comunicado do Infarmed
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Lego lança minissérie no YouTube
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual