Meditação? Aprenda 3 passos (simples) que o vão ajudar a começar

É bem mais fácil do que pode imaginar. Saiba como estes simples exercícios o podem ajudar a viver uma vida melhor.

A prática de meditação tem sido um tema cada vez mais discutido. Mais do que nunca são conhecidos os benefícios associados a estes exercícios e à capacidade de encontrarmos uma paz interior.

No entanto continuam a existir algumas ideias pré-concebidas em relação à meditação que acabam por “afastar” muitas pessoas. É frequente associar está prática a coisas muito esotéricas, a barulhos “ommm” contínuos, ao uso de roupas estranhas e a cheiros de velas aromáticas.

[Leia também: 5 apps de meditação que pode (e deve) experimentar]

A verdade é que podem existir muitos tipos e estilos de meditação. O que é certo é que existe um que se adequa certamente à sua personalidade e estilo de vida. Todos devemos ser capazes de aproveitar os benefícios deste tipo de práticas. A meditação tem sido continuamente associada a uma redução de stress, ao controlo da ansiedade e a um estado geral de saúde emocional mais positivo.

Caso tenha ainda algumas dúvidas relativamente à forma como pode começar a experimentar estas técnicas, então conheça aqui algumas sugestões de passos introdutórios que qualquer iniciante pode (e deve) seguir, de acordo com o portal Prime Women.

 

Passo 1

Não se preocupe muito com os pormenores. Apenas comece. Sente-se numa posição confortável, que promova o relaxamento. Pode usar uma almofada ou um colchão de yoga, se desejar. Escolha um local calmo para iniciar a sua prática. Seja em casa, no escritório ou no jardim, o importante é assegurar que não sofre interrupções.

Passo 2

No início deve começar a meditar durante pouco tempo. Dois minutos será o ideal. À medida que for evoluindo esta duração poderá aumentar. Concentre-se na sua respiração. Contabilize as suas respirações. Inspire durante 4 segundos, e expire durante 7, por exemplo. Repita este processo. Caso necessite de um maior acompanhamento experimente uma aplicação de meditação para o seu smartphone que ajude a ter uma maior consciência da sua respiração. Pode incluir música ou sons tranquilizantes nestas sessões como forma de estimular o relaxamento.

Passo 3

Encontre gratidão e lembre-se de sorrir no final do processo. Ao longo da sua meditação é provável que passem pela sua cabeça diferentes pensamentos. Uns mais positivos, outros mais negativos. É essencial que os deixe passar e que recupere a sua atenção para os exercícios de respiração. Liberte-se desses pensamentos, aprenda a aceitá-los e não a receá-los. No final de cada exercício lembre-se de terminar com um sorriso. Sinta-se grato pela oportunidade de parar um pouco para relaxar, respirar e concentrar-se.

 

[Leia também: Da meditação às artes. Estas são as estratégias que o vão ajudar a lidar melhor com a solidão]

 

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
Loading...