Quer equilibrar a vida pessoal com a vida profissional? Esta é a solução

Hoje, no nosso dia-a-dia, focamo-nos muito nos resultados do trabalho e esquecemos a importância de manter um corpo saudável, bem como a mente.

O exercício físico não só é positivo para as pessoas nas suas vidas pessoais, mas também na sua vida profissional, refere a Robert Walters Portugal.

O desporto ajuda-nos a libertar a tensão e a combater o stress, causando bem-estar em nós mesmos, o que favorece mais atitude e trabalho descontraído ao realizar as nossas tarefas no dia-a-dia.

Fazer pelo menos 30 minutos de exercício intenso provoca a libertação de endorfinas, o que aumenta a nossa autoestima, promove a calma, melhora o humor, abranda o processo de envelhecimento, melhora as funções e reduz a ansiedade. A aparência física melhora e isso ajuda a melhorar a nossa autoconfiança, enquanto o nosso corpo também estará em melhores condições internamente, com uma reação mais ágil e velocidade de pensamento. Desta forma, podemos obter melhores negociações, trabalhar mais e obter melhores resultados laborais, mentais e desportivos.

Pausas: É fácil sentar-se o dia todo em frente ao computador, mas é fundamental que se levante regularmente e se mova, seja para andar pela casa, esticar-se, beber água; que funciona melhor para aliviar o stress e libertar endorfinas.

Alugar plataformas: Se não puder ir ao ginásio, experimente sessões de exercícios online. Existem muitas redes de ginásios e centros de bem-estar que oferecem aulas gratuitas.

Desconexão: Em média, as pessoas trabalham mais de 28 horas de acordo com um inquérito realizado pela Fundação para a Saúde Mental e pelo LinkedIn; Isto fez com que o risco de burnout aumentasse significativamente.

Quando trabalham em casa, alguns colaboradores acham tentador trabalhar mais para melhorar a sua progressão na carreira e mostrar ao patrão que estão a ser produtivos, mas isso pode ser prejudicial para a saúde. Incentivar o horário de trabalho com limites saudáveis e razoáveis.

 

Ler Mais


loading...
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

− 9 = 1