5 factos (curiosos) que explicam como a música altera o nosso estado de espírito

Algumas melodias são capazes de despertar intensas memórias e emoções.

O nosso estado de espírito e disposição emocional determina em grande parte como nos sentimos ao longo do dia. A forma como agimos e como pensamos pode ser influenciada fortemente pelas nossas emoções. Com o tempo estas predisposições podem tornar-se algo central na nossa personalidade.

A música é uma forma simples de transformar este fator. Diferentes tipos de sons e melodias podem induzir-nos diferentes estados emocionais. As músicas mais calmas relaxam-nos por exemplo. Já a música mais Pop e alegre pode despertar emoções mais positivas.

Eis alguns exemplos que explicam bem a forma como a música pode alterar o nosso estado de espírito.

 

  1. Gerir o stress

A música pode ser uma fonte importante de calma e relaxamento. O hábito de ouvir este tipo de música está muito associado a uma redução dos níveis de cortisol, a uma baixa da frequência cardíaca e pressão arterial. De uma forma semelhante à prática de meditação, a música poderá contribuir para um maior relaxamento, facilitando a gestão stress.

 

  1. Efeitos emocionais da música

A música pode ativar diferentes estados de espírito. Através de uma seleção cuidadosa da música que ouvimos poder “controlar” mais eficazmente a nossa regulação emocional. Escolhendo músicas que nos façam sentir mais positivos, com mais energia e entusiasmo, por exemplo.

 

  1. Prazer musical

As emoções positivas tendem a dominar grande parte das músicas mais populares. A verdade é que este tipo de melodias mais prazerosas são capazes de fomentar a libertação de neurotransmissores, como a dopamina, que nos fazem sentir melhor. Isto pode tornar um qualquer ambiente mais atrativo e aumentar a nossa motivação. Os sentimentos mais positivos estimulados pela música podem ainda ajudar a expandir a nossa mente e contribuir para um pensamento mais criativo.

 

  1. Conexão social

A música pode funcionar como uma espécie de “cola social” que aproxima as pessoas e promove sentimentos de união. Certos sons podem estimular a produção de oxitocina e serotonina, por exemplo. Este “agentes” hormonais são responsáveis pelo estimular de uma maior intimidade, conexão social e confiança. O isolamento e a solidão podem ser melhorados simplesmente por ouvirmos um pouco de música.

 

  1. Perceção do tempo

A música é um poderoso estimulo emocional que pode alterar a nossa relação com o tempo. Quando ouvimos música prazerosa o tempo pode mesmo parecer “voar”. Não é por acaso que estes tipos de melodias são habitualmente utilizados em salas de espera ou em supermercados. Os consumidores tendem a passar mais tempo em superfícies comerciais que usem música mais calma. Permite ainda aumentar a produtividade e motivação de trabalhadores que façam trabalhos mais aborrecidos e repetitivos.

 

 

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...