Até que idade podemos aprender facilmente um novo idioma?

Dizem-nos que nunca é tarde para aprender. Mas será isso mesmo verdade?

Pode parecer muito injusto. Enquanto nós adultos passamos anos a tentar aprender (com dificuldade…) um novo idioma, uma criança parece voltar de um Verão passado no estrangeiro e de repente já é uma especialista. Os mais novos têm mais facilidade a aprender línguas, e à medida que envelhecem perdem alguma dessa capacidade. Mas afinal quando é que é mesmo tarde de mais para aprender?

Não existe propriamente uma resposta científica para esta questão. Felizmente há estudos que inclusive parecem indicar que nunca haverá uma idade a partir da qual será impossível aprender um novo idioma. O que parece, no entanto, certo é que para ganhar uma total fluência e pronúncia perfeita é melhor começar cedo.

Um estudo recente que usou uma amostra de mais de meio milhão de pessoas, estudantes de inglês, descobriu que aqueles que tinham uma maior apetência e fluência eram aqueles que tinham começado a aprender antes dos 18 anos. Após essa idade, a capacidade de se ser perfeitamente fluente diminuiu. No entanto, é de referir que muitos dos participantes do estudo que começaram a aprender mais tarde nas suas vidas atingiram igualmente um nível quase perfeito.

As razões que levam as crianças a ser melhores a aprender idiomas que os adultos podem, no entanto, não ter apenas a ver com a forma como os seus cérebros estão “estruturados”. Existem outras razões que podem ajudar a explicar a dificuldade de aprendizagem numa idade mais madura. Em particular a falta de tempo que os adultos têm para ficarem totalmente imersos no processo de ensino pode explicar que seja mais fácil para um jovem (com todo o tempo do Mundo) assimilar todos os pormenores de um novo idioma.

É claro que existem ainda outros fatores. Um dos quais pode ser simplesmente a dificuldade dos adultos em estar confortáveis com a ideia de errarem e parecerem estúpidos ao longo do processo de aprendizagem. Quando somos mais velhos, normalmente temos também mais receio de parecer ridículos.

Ao aprender um novo idioma, um adulto tem a expectativa de se conseguir expressar com a mesma eloquência a que está habituado na sua “língua materna”. Ora isto coloca ainda uma pressão acrescida. As crianças não passam por esta dificuldade, muito devido ao seu vocabulário normalmente mais reduzido, que se apresenta como uma vantagem neste caso em particular.

De qualquer forma não será de todo impossível a qualquer um de nós, adultos mais velhos, aprender uma língua que desejemos conhecer melhor. Para isso será certamente importante estarmos motivados e confortáveis com a dificuldade que possamos vir a sentir. Poderá ser difícil fingir que não se importa de parecer ridículo, mas acredite que valerá a pena. Afinal não poderá usar a “desculpa” da idade para justificar o seu medo de aprender, isso é certo.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Lego lança minissérie no YouTube
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual