Como proteger e cuidar do seu carro durante a pandemia?

Estas são as dicas que deve seguir para conseguir manter o veículo a funcionar.

Após mais de um ano de pandemia uma coisa é quase certa: nos últimos tempos todos andámos menos de carro e passámos menos tempo no trânsito. Sendo esta uma boa notícia, a verdade é que pode ter algumas consequências inesperadas… sobretudo para a “saúde” do seu carro.

Um veículo que fique imobilizado durante muito tempo pode gerar inúmeros problemas para o motor e veiculo. Conheça agora as dicas essenciais que deve seguir para cuidar do seu carro durante a pandemia.

 

  1. Conduzir pelo menos uma vez por semana, durante 30 minutos

O seu carro foi pensado para se manter em movimento. Um dos principais problemas associados a um veículo que fique parado durante muito tempo é a “morte” da bateria. Isto é um enorme inconveniente. No entanto existem outros problemas que podem surgir, incluindo a degradação da qualidade do combustível, perda de pressão nos pneus, etc.

 

  1. Não atrase as idas à inspeção ou revisão apenas porque está a conduzir menos

Apesar de viajar menos de carro isso não significa que deva cuidar menos do seu carro. Deverá continuar a seguir as mesmas precauções e recomendações no que diz respeito à manutenção. Verificar os níveis do óleo, substituir os líquidos refrigerantes, etc. De resto não deixe de agendar as idas à revisão e inspeção.

 

  1. Lavar e limpar o carro

Limpar e lavar o carro não é apenas uma questão estética e de higiene. A verdade é que são estes pequenos gestos que vão conseguir proteger da melhor forma o seu investimento, evitando o aparecimento de ferrugem, manchas e bolor. As sujidades no exterior podem inclusive estragar parte da pintura do carro pelo que não devem ser ignoradas. Pelo menos uma vez por semanas deve limpar e lavar o carro. De resto procure deixá-lo estacionado num local à sombra e longe das árvores.

 

  1. Cuidado com as pestes

Um dos tipos de danos mais dispendiosos que podem afetar o seu veículo está relacionado com as pragas de roedores que podem estragar os fios e estofos. A verdade é que existem muitas razões que podem atrair estes animais ao seu veículo. A melhor forma de o evitar é mesmo conduzir e mudar a localização do carro com alguma frequência.

 

  1. Pressão dos pneus e nível do óleo

Uma pressão de ar adequada nos seus pneus é determinante para assegurar a sua segurança e para evitar possíveis custos desnecessário. Deixar de verificar esta situação pode aumentar o risco de vir a sofrer um furo, por exemplo. Já em termos do óleo, é igualmente importante estar atento a estes níveis. Esta é mesmo a melhor forma de perceber se tudo está OK com a saúde do seu motor. A perda de óleo é um sinal obvio que algo está errado, devendo assim ser monitorizado pelo menos uma vez por mês.

 

 

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...