Cuidado com o frio: três dicas para se manter quente e em segurança

É adepto dos aquecedores elétricos em casa, ou prefere lareira? E quando vai no carro, costuma ligar o ar condicionado? Conheça as melhores dicas para lidar com o frio do inverno em segurança.

Com o frio, chegam também as mais variadas táticas para nos aquecermos, porém existem pequenos erros que fazemos de forma inconsciente que podem pôr em causa a nossa segurança. É neste âmbito que a APSEI – Associação Portuguesa de Segurança compilou três dicas que o ajudarão a manter-se quente sem colocar vidas em risco.

Tenha atenção ao aquecimento em casa: Se precisa de aquecer a casa, opte por desligar os aparelhos elétricos não necessários de forma a evitar a sobrecarga do sistema de eletricidade e tenha atenção aos mesmos, para prevenir potenciais incêndios – na via das dúvidas, tenha sempre por perto uma lanterna a pilhas.  Se, por outro lado, utiliza sistemas de aquecimento por combustão, como lareiras, braseiras, salamandras ou sistemas de aquecimento a gás certifique-se de que há renovação de ar – a combustão incompleta de combustível origina monóxido de carbono que, quando não libertado, pode ser letal.  Opte por ter um pouco da janela aberta, ainda que não seja do espaço da casa onde se encontra nesse momento.

Os agasalhos são seus amigos: Se estiver exposto ao frio, utilize luvas, gorro e cachecol para cobrir a boca e o nariz, impedindo a entrada de ar frio nos pulmões, e adapte o calçado às condições. Abrigue-se do vento e da chuva para que o seu corpo não arrefeça e, se estiver num local propício a neve, evite caminhar sobre a mesma ou sobre gelo, de forma a prevenir possíveis quedas.

Tenha uma atenção especial no carro: É importante manter uma velocidade reduzida e ter uma atenção especial às zonas mais sombrias da estrada, onde existe a possibilidade de se formar placas de gelo. Se gosta de ligar o aquecimento do veículo, deixe uma frecha da janela oposta ao vento aberta e ligue-o apenas durante 10 minutos, de hora a hora, de forma a não sobreaquecer nem ficar exposto a vapores possivelmente tóxicos.

Além das dicas acima expostas, é também importante prestar atenção aos noticiários e às indicações da Proteção Civil, para que esteja a par de todos os acontecimentos.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...