Honda CB1000R

Uma moto desportiva de estilo urbano e cheia de personalidade.

A Honda CB1000R regressa este ano no seu inconfundível estilo Street Fighter, com algumas novidades. Compacta e robusta, esta é uma das motos naked da Honda que mais captam a atenção, com acabamentos em metal polido, que refletem a tradição de visual agressivo da CB1000R. A Honda chama-lhe Neo Sports Café e reformulou-a totalmente, a começar pelas rodas e dando primazia ao metal, com o bloco e as tampas do motor em preto a destacar-se no design geral.
Este modelo ostenta um novo motor de quatro cilindros e 998 cc – com pistões forjados de elevada compressão, como na CBR1000RR – assente num chassis totalmente novo; e um forte monobloco em aço com um braço oscilante situado num único lado da moto. A potência máxima é de 107 Kw a 10 500 rpm e, em combinação com 104 Nm a 8250 rpm de binário, proporciona acelerações fortes quando é necessário. Uma mistura excitante de perfomances poderosas e potência controlável em todo o regime de rotações.

Modos de condução
A Honda CB1000R está equipada com diversos modos de condução que a tornam bastante versátil. O modo standard utiliza a configuração média para potência, HSTC e EB. Reduz a potência da primeira e segunda velocidades e utiliza uma curva de potência que se encontra imediatamente abaixo do modo Sport. Existe uma quantidade reduzida de binário em aberturas do acelerador mínimas, para uma condução suave e estável aquando de acelerações e desacelerações. Também permite pequenos deslizes da roda traseira, mantendo a roda dianteira no solo. Já o modo Sport recorre a definições com os níveis mais baixos de EB e HSTC, proporcionando 100% de potência nas seis velocidades. É como se libertasse a moto para ir mais longe. Tem ainda o binário máximo em todas as posições do acelerador e muito pouca intervenção do controlo de tração (HSTC). No modo Rain, criado para condições de piso molhado, é definida a potência mais baixa, o que proporciona uma quantidade média de efeito de travão-motor (EB) e um controlo de tração (HSTC) mais interventivo. Os níveis inferiores de potência e binário estão centrados nas primeiras três velocidades – as mais utilizadas quando está a chover.
Além dos modos predefinidos, a Honda CB1000R apresenta ainda um modo Utilizador, que permite ao condutor escolher a melhor conjugação entre as três configurações (potência, EB e HSTC); também é possível guardar as definições para utilização futura.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...