Ir para um resort dormir? Conheça a nova (e estranha) tendência do turismo

O turismo do sono é a mais recente coqueluche do lucrativo sector de wellness e bem-estar.

A privação e má qualidade de sono é uma epidemia na sociedade moderna ocidental. De acordo com os dados do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças, um em cada três adultos não dorme o suficiente. Este é um problema grave que afeta não só o bem-estar e saúde das pessoas como também interfere significativamente com a sua produtividade – e com a das respetivas entidades empregadoras.

Não será assim por acaso que tanto os governos, como as organizações empresariais comecem a encarar este como um problema sério. O tema do bem-estar nas empresas é cada vez mais discutido e a necessidade de se cuidar dos trabalhadores é agora mais relevante que nunca.

O setor do turismo está também atento a esta tendência. Assim, tem crescido ultimamente a oferta de “pacotes de sono”, que prometem retiros de descanso em resorts fabulosos. Maurícias, Suíça e Tailândia são apenas alguns dos destinos mais populares neste segmento. Estes resorts oferecem estadias de 5 a 9 noites, sendo que durante o dia os workshops organizados por especialistas de bem-estar procuram ensinar os hospedes a adotarem hábitos de sono mais saudáveis. Os rituais noturnos e as massagens fazem habitualmente parte de toda a experiência.

Mesmo em Portugal existem já diversos hotéis e resorts que incluem este tipo de ofertas nos seus serviços. O Anantara Resort, em Vilamoura, é apenas um exemplo que comprova esta tendência. No site deste hotel é possível reservar por algumas centenas de euros uma experiência integral de terapia de sono que para além de uma noite de estadia, inclui uma série de experiências e tratamentos que vão desde as massagens até às aulas de yoga ou meditação.

Este tipo de experiência pode ser particularmente relevante para todos os adultos que sofram de problemas como a apneia do sono, as insónias e o sonambulismo. Ou então simplesmente para alguém que queira relaxar verdadeiramente e descomprimir, após meses (ou até anos) de trabalho diário intensivo nos seus empregos.

Uma melhor qualidade de sono é algo que está comprovado como sendo essencial para atingir um equilíbrio físico, mental, emocional e espiritual, importante para assegurar um melhor estado de saúde. Problemas de saúde como a dor crónica, a menopausa, as doenças cardiovasculares e cerebrais, são tudo situações que beneficiam tremendamente com um descanso mais prolongado.

Por isso já sabe, da próxima vez que for marcar as suas ferias, o melhor é mesmo procurar por um bom sítio para dormir. Boas noites!

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...