Quer tornar-se “invisível” na internet? Aprenda aqui como o conseguir

Manter os nossos dados a salvo de potenciais roubos e interceções é hoje mais importante que nunca.

Muitas das aplicações amplamente utilizadas atualmente recolhem informações críticas sobre os seus utilizadores. Para limitar a informação pessoal que temos disponível na Internet e proteger os nossos dados, a Kaspersky partilha um guia detalhado.

O Snapchat anunciou recentemente novas restrições às suas políticas de “app-building”. Mais especificamente, a empresa proibiu as aplicações de mensagens anónimas e está a limitar as aplicações de procura de amigos aos utilizadores com mais de 18 anos de idade.

Muitos serviços recolhem informações sobre idade, localização, números de telefone e outros detalhes do utilizador online, e a forma mais fácil de verificar quais os dados pessoais que são públicos é pesquisar no Google.

Especialistas da Kaspersky criaram um guia detalhado sobre como manter os dados pessoais privados e limitar a nossa informação disponível na Internet:

Como podem os utilizadores reduzir a quantidade de dados pessoais online?

O melhor lugar para se começar é nas redes sociais. Estas plataformas armazenam muitos dados pessoais que os utilizadores podem querer manter privados, tais como números de telefone, contas bancárias, morada, etc.

O primeiro passo consiste em verificar e editar as definições de privacidade da conta. Os utilizadores podem alterar o seu perfil para privado, o que o esconderá dos motores de busca e de estranhos.

Como verificar as definições de privacidade de uma conta:

Facebook:

Há várias formas de tornar uma conta privada. Se os utilizadores quiserem apenas esconder o seu perfil da pesquisa do Facebook, têm de clicar no botão “Definições” no painel do perfil e depois selecionar a definição “Privacidade”. Verão então a opção “Encontrar-me no Facebook”. Se a opção estiver definida para “Todos”, o nome do utilizador e a conta podem ser encontrados por todos no Facebook. Para esconder o seu perfil da pesquisa desta rede social, basta alterar para “Ninguém”.
Os utilizadores podem esconder também as suas contas dos motores de busca como o Bing ou o Google. Para isso, têm de ir às definições de “Privacidade” e depois clicar em “Pesquisa pública”. Podem então verificar ou desmarcar a caixa “Ativar a pesquisa pública”.
Os utilizadores também podem decidir e limitar quem tem a possibilidade de ver as suas fotos e informações pessoais, tais como a profissão atual e anteriores, estado, e outros dados.

Twitter

As contas privadas no Twitter não podem ser encontradas no Twitter ou em motores de busca como o Google ou o Bing.
Para tornar uma conta privada, o utilizador deve clicar no separador “Privacidade e segurança” na página “Configurações”. Depois basta selecionar “Proteja os seus Tweets”.
Os utilizadores podem também esconder a localização dos Tweets. Esta opção pode ser configurada através do separador “Privacidade e segurança”.

Instagram

Quando uma conta de Instagram é privada, os posts dos utilizadores só estão disponíveis para os seus seguidores e os hashtags dos seus posts são escondidos da pesquisa.
Para o fazer, os utilizadores devem clicar no botão “Definições” no menu. Depois selecionar “Privacidade” e clicar no botão “Conta privada”.

O que é que os utilizadores podem fazer para se esconderem dos serviços da Google?

Um bom ponto de partida é remover a informação da cache. Os bots do Google pesquisam regularmente as páginas web e armazenam dados no servidor. Esta informação é guardada durante algum tempo, mas após um ou dois meses é automaticamente apagada.

Existem alguns links úteis que podem ajudar a limpar caches, tais como o assistente de remoção de informação da Google, o assistente para eliminação de conteúdo ilegal e eliminação de imagens dos resultados de pesquisa do Google.

Após a eliminação de qualquer informação pessoal, vale a pena verificar novamente o Google após alguns meses para se certificar de que a cache e outros dados foram apagados.

E se os utilizadores precisarem de apagar informações específicas da Web?

Para remover informação específica, os utilizadores devem visitar um link específico do Google. Devem copiar o URL da página para a barra de pesquisa, que é exibida na linha superior do navegador. Uma vez feito isto, poderão solicitar a eliminação clicando no botão correspondente.

Se os utilizadores encontrarem dados pessoais num website, podem contactar a administração do website e pedir-lhes que eliminem as informações sensíveis.

Além disso, se não quiserem esperar pela gestão de recursos para apagar os dados, podem abrir o serviço Just Delete Me, introduzir o nome do sítio do qual querem apagar os seus dados e selecioná-lo a partir dos resultados da pesquisa. O serviço irá então redirecionar os utilizadores para a página de eliminação do perfil.

O que mais podem os utilizadores fazer para esconder dados pessoais da Internet?

Os data brokers são serviços que recolhem vários tipos de dados pessoais, analisando-os e podendo depois enviá-los para outras empresas. Os utilizadores devem verificar se algum dos seus dados pessoais se encontra em tais websites, e proteger-se de possíveis vulnerabilidades. Para o fazer, o utilizador deve primeiro verificar se existem informações pessoais nestas páginas web ou na Darknet.

Para verificar qualquer fuga de dados e o estado de segurança das informações pessoais, existem serviços especiais ou soluções de segurança abrangentes que podem ser utilizados. Estas monitorizam várias plataformas, incluindo a Darknet, para detetar quaisquer possíveis fugas. Se encontrarem alguma, comunicam-na imediatamente ao utilizador.

Os data brokers recolhem informações como por exemplo:

Histórico de navegação
Dados de conta bancária
Histórico de compras online
Dados do cartão de crédito
Dados das redes sociais
Números da segurança social

Se os utilizadores suspeitarem que os seus dados tenham sido divulgados a data brokers ou à Darknet:

É importante que alterem as palavras-passe em todas as contas e estabeleçam autenticação multifator.
Devem contactar plataformas mediadoras de dados, tais como Equifax ou Experian, e pedir-lhes que apaguem todas as informações pessoais. Pode demorar algum tempo, mas os seus dados sensíveis serão apagados.
Devem verificar a segurança das contas bancárias. É aconselhável que os utilizadores verifiquem os extratos dos seus cartões de crédito e verifiquem se existem transações suspeitas.

 

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...