Pensões: aumento previsto para 2020 abaixo dos 1%

O aumento das pensões e dos salários dos funcionários públicos deverá ficar abaixo de 1%, segundo os dados conhecidos até agora.

O aumento das pensões e dos salários dos funcionários públicos deverá ficar abaixo de 1%, segundo os dados conhecidos até agora, uma vez que a inflação (indicador utilizado para actualizações de rendimentos pagos pelo Estado), está em níveis baixos.

Os dados do Instituto Nacional de Estatística, analisados pelo “Negócios”, mostram que a esmagadora maioria dos pensionistas (80%) terá aumentos em torno dos 0,8%, ou seja, acima da inflação (0,29% até Outubro). Ainda assim, quem recebe pensões mais altas, acima de seis IAS (cerca de 2.635,5 euros), verá um aumento inferior, em 0,25 pontos percentuais à inflação, perdendo poder de compra. E se tivermos em conta a inflação prevista para 2020 (1,6% segundo o esboço orçamental), o aumento não chegará para compensar a subida dos preços no próximo ano.

Para funcionários públicos, são esperados aumentos abaixo de 0,5%. O ministro das Finanças, Mário Centeno, só se comprometeu, até agora, com um aumento de salários na Função Pública em linha com a inflação, numa margem de 200 milhões de euros, embora não tenha dito qual será o indicador de referência. Assumindo que seria o mesmo usado para a actualização das pensões, a Função Pública teria um aumento de 0,3%.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Black Friday 2019 em números
Automonitor
FIA escolhe Braga como palco do Hill Climb Masters 2020