Escala de Richter: sabe o que quer dizer a escala que mede os terramotos? Nós explicamos

Ora veja,

O epicentro aconteceu em Gaziantep, cidade turca perto da fronteira com a Síria.

Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), a principal organização cartográfica do país, «o tremor foi tão forte quanto um registrado na região em 1939 e que vitimou mais de 30 mil pessoas».

«Na escala Richter, utilizada por sismólogos para avaliar o impacto do tremor, um terremoto de magnitude entre 7 e 7,9 é considerado de grandes proporções, podendo causar danos graves na superfície», revelam os especialistas.

Este é um sistema criado pelos americanos Charles Richter e Beno Gutenberg, em 1935, para medir a magnitude dos terremotos com base nas ondas sísmicas que se propagam a partir do local de origem do tremor no subsolo.

«O sistema varia de 0 a 9 e usa logaritmos como base matemática. Isso significa que uma variação de apenas um número na magnitude de um terremoto representa um aumento de dez vezes na amplitude», é dito, «asssim, um terremoto com magnitude 6,0 liberta 10 vezes mais energia do que um terremoto com magnitude 5,0 e 100 vezes mais energia do que um terremoto com magnitude 4,0.

Terremotos com magnitude menor que 2,5 geralmente não são sentidos pelas pessoas.

Terramotos com magnitude entre 5,0 e 5,9 são considerados moderados e podem causar danos significativos às estruturas.

Terramotos com magnitude acima de 6,0 costumam ser fortes e causar danos extensos e destruição em grande escala.

Ler Mais


loading...