10 séries que não podemos deixar de ver

São muitos os motivos para ficar agarrado à televisão. Estes são para já os nossos preferidos.

O Clube – OPTO
A noite está de volta à cidade e ao streaming. O Clube, série que se centra nas vidas das acompanhantes de luxo em Lisboa, avança para a terceira temporada. Esta centra-se na rivalidade entre duas casas de diversão nocturna, uma gerida por Maria (Vera Kolodzig) e outra por Kiko (Lourenço Ortigão). Teresa (Jessica Athayde) é uma jornalista que decide entrar neste mundo para o investigar, devido à morte de uma mulher. Madalena (Maria Dominguez) e Rita (Ana Marta Ferreira) também por lá andarão, uma por amor, outra pelo dinheiro.

Scenes From a Marriage – HBO
Recriação de uma minissérie de 1973, Cenas da Vida Conjugal, de Ingmar Bergman. De novo, os mesmos sentimentos clássicos entre um casal (amor, ódio, desejo, cumplicidade, traição, divórcio…), mas desta vez à luz de um moderno casal norte-americano. Inteligente e intenso, tem todos os ingredientes para ser um sucesso, incluindo as duas superiores atuações de Oscar Issac e Jessica Chastain.

Anatomia de Grey – FOX Life
Estamos quase sem dedos das mãos e dos pés para contar o número de temporadas de Anatomia de Grey. À 18.ª, quem nunca pôs os pés no Grey Sloan Memorial Hospital, ou entretanto o abandonou, provavelmente não se deixará seduzir por mais uma incursão pelo principal título da Shondaland. Quem chegou até aqui, no entanto, não deixará de assistir ao regresso de Kate Walsh ao papel de Addison Montgomery, dez anos depois de ter participado pela última vez na série. Por outro lado, um dos actores mais antigos do elenco, Jesse Williams (o dr. Avery), já não volta. De pedra e cal continuam Ellen Pompeo (Meredith Grey), Chandra Wilson (Miranda Bailey) e James Pickens, Jr. (Richard Webber).

Sex Education – Netflix
Otis, Eric, Maeve, Jean e todos os outros estão de regresso para a terceira temporada desta série britânica que divertiu, chocou e conquistou o público português. E desta vez com uma nova diretora que vai tentar impor padrões de “moralidade” – e uniformes – na Moordale High School. Como será a reação dos alunos?

Doce, Bem Bom – RTP 1
Bem Bom foi uma das grandes estreias cinematográficas do ano, mas agora a história da maior girls band nacional vai ganhar uma nova vida no pequeno ecrã – com muita música à mistura, é claro. Baladas eternas, amores, intrigas, inimigos e a subida até ao estrelato mais meteórica da história da música portuguesa. Com o mesmo elenco e realização do filme, divididos por sete episódios.

The White Lotus – HBO
Para nos recordar das férias que já passaram, o melhor é ver The White Lotus na HBO. Já classificada por muitos como a melhor comédia do ano. Inteligente, mordaz, a sátira acompanha as aventuras e desventuras dos hóspedes e funcionários num resort paradisíaco no Havai.

Exit, Fina Finança – RTP 2
O canal 2 continua a sua investida por séries nórdicas, desta vez com um drama contemporâneo que mergulha na vida luxuosa e extravagante da elite rica de Oslo. Um mundo oculto e sombrio, marcado pela busca incessante do prazer e do excesso. Inspirada em histórias reais, a série acompanha a vida de quatro amigos, banqueiros de investimento, que parecem ter tudo – exceto ética…

Sei o que Fizeste… – Amazon Prime
Um grupo de adolescentes unidos por um segredo obscuro é perseguido por um brutal assassino. Mas enquanto tentam descobrir quem os persegue, percebem que todos têm algo mais a esconder… Sei o que Fizeste no Verão Passado foi um sucesso em 1997, e a série está baseada no mesmo livro. Se era demasiado jovem então, provavelmente vai gostar ainda mais…

On the Verge – Netflix
Quatro mulheres, quatro amigas, bem entradas nos quarenta, decidem que esta é a altura certa para darem um novo sentido às suas vidas. Escrito e interpretado por Julie Delpy, a mesma de Antes do Anoitecer e Antes do Amanhecer. A atriz lidera ainda um pack de nomes como Elisabeth Shue ou Sarah Jones e se gostou dos seus outros filmes vai ficar fã desta série.

What We Do in the Shadows – HBO
A ideia é acompanhar o dia a dia (ou as noites) de uma família de vampiros de Nova Iorque ao longo do último século. A fórmula é simples – um pouco de horror, um pouco de drama, muita comédia – para passar bem o tempo. E que bem que resulta.

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...