Cancro no Pulmão. Estes são os sintomas a que prestar mais atenção

Alguns sinais precoces podem ser a “chave” para um tratamento mais eficaz desta doença

O cancro do pulmão é a segunda causa de morte por doença oncológica em Portugal. Infelizmente este é um problema médico que pode demorar bastante tempo a ser detetado, acabando por se “manifestar” apenas já num estado mais avançado de desenvolvimento.

É o tipo de cancro com maior incidência e o que mais mata em todo o mundo. Em Portugal, refere a Fundação Champalimaud, mata cerca de 3500 pessoas por ano, sendo a maior causa de morte oncológica nos homens e a 4ª nas mulheres.

O cancro do pulmão é, na vasta maioria dos casos, de origem epitelial e, como tal, é classificado como carcinoma. Os carcinomas pulmonares surgem normalmente nas células do epitélio dos brônquios principais (tumor central) ou em pequenos brônquios, bronquíolos, ou alvéolos (tumor periférico).

Dada a severidade deste problema torna-se essencial conhecer e saber identificar quais os possíveis sinais e sintomas associados. Recentemente o portal BestLife reuniu alguns dos sinais mais preocupantes que não deve nunca ignorar.

 

  1. Fraqueza muscular

Se está com dificuldade em completar certos exercícios que anteriormente fazia com facilidade, então algo pode estar errado. A verdade é que o nosso sistema imunitário é capaz de reconhecer o cancro no pulmão e começar a iniciar uma resposta de anticorpos, que podem afetar os próprios tecidos do organismo. Isto pode dar origem a uma maior fraqueza muscular, sendo um claro sinal de que deve consultar um médico.

 

  1. Inchaço na parte superior do corpo

Caso verifique algum tipo de inchaço abnormal na parte superior do seu torso, deve considerar isso como um sinal de alerta. Quando um tumor no pulmão se desenvolve consideravelmente pode acabar por fazer uma pressão excessiva sob a veia cava superior, comprimindo a circulação sanguínea e causando um inchaço no torso, pescoço ou face.

 

  1. Dor no ombro e braço

Por vezes o cancro pulmonar pode desenvolver-se numa área denominada sulco superior do pulmão. Ora quando este tumor se desenvolve os sintomas podem ser ainda mais tardios, todavia um dos sintomas iniciais parece ser uma forte e constante dor no ombro e no braço.

 

  1. Dor nos ossos

O cancro no pulmão pode facilmente espalhar-se para os ossos. Este é um problema frequente que pode agravar ainda mais a situação clínica do paciente. Os sinais iniciais de que tal aconteceu passam por uma maior dor óssea e por eventuais fraturas que possam acontecer com maior facilidade nos ossos.

 

  1. Tossir sangue

É certo que muitas são os problemas médicos que podem estar na origem de uma tosse com sangue – desde a pneumonia até uma simples lesão na garganta. Todavia este é também um sintoma que pode estar associados a um cancro pulmonar, pelo que nunca deve ser ignorado. Marque uma consulta de urgência com o seu médico para obter um diagnóstico claro.

 

 

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...