Ceia de Natal: como cozinhar para toda a família sem gastar muito dinheiro

O jantar de natal vai ser em sua casa? saiba como pode preparar tudo de forma económica.

Não há nada melhor do que juntar a família no dia de Natal, mas a logística de preparar tudo não é de todo a mais fácil e as despesas podem ficar bem pesadas no seu orçamento familiar. No entanto, existem sempre formas de amenizar este impacto e evitar que esta quadra festiva se torne num
motivo de preocupação.

Quer saber como? Atente a estas dicas da Selectra – especialista na comparação de tarifas- e aprenda como pode receber bem os seus convidados sem que isso tenha grande impacto nas suas despesas.

O segredo está na preparação
1. Defina um orçamento antes de ir às compras
Antes de se aventurar na grande aventura que é ir às compras durante a época natalícia, faça uma lista do que realmente precisa e quanto pretende gastar. Caso se queira assegurar que não cai em nenhuma das inúmeras tentações do supermercado, leve o dinheiro em mão invés do cartão de
crédito. Assim tem a certeza que não ultrapassa esse limite!
2. Pesquise receitas baratas e fáceis de confecionar
O que não faltam são receitas simples e deliciosas! Aposte nos produtos locais e conservas que têm tendência a ser mais baratos e prepare entradas deliciosas com poucos ingredientes.
3. Faça as compras todas de uma vez
Evite perder tempo e dinheiro em deslocações ao supermercado. A não ser que tenha intenção de aproveitar uma grande promoção, o custo que terá em gasolina, não lhe irá compensar diferenças de preço pouco significativas.
4. Retire os ingredientes do frigorífico algum tempo antes de começar a cozinhar
Antes de meter mãos à obra, retire os ingredientes do frio. Desta forma, quando os for cozinhar já estarão à temperatura ambiente e não será preciso gastar tanto calor e energia durante a confeção. No entanto, caso queira descongelar algum alimento, coloque-o no frigorífico na noite anterior, de modo a conservar o frio dentro deste eletrodoméstico.

O forno pode não ser o seu maior aliado
5. Opte por receitas que não precisem de ir ao forno
Embora seja prático, o forno é também um dos eletrodomésticos que consomem mais energia na cozinha e que faz aumentar por isso, bastante as faturas de eletricidade. Assim, escolha sobremesas e entradas que não precisem de ir ao forno e se for mesmo necessário, prepare logo tudo de uma vez para evitar ligar e desligar constantemente o aparelho.
6. Sempre que possível, escolha o microondas para aquecer alimentos
Sabia que ao optar pelo microondas invés do forno está a poupar cerca de 60 a 70% de energia? Bem sabemos que nem todas as receitas dão para confecionar neste pequeno eletrodoméstico, mas quando o objetivo é aquecer comida ou fazer algo mais simples, este serve muito bem o seu
propósito!
7. Cozinhe sempre com os testos nas panelas e numa boca de fogão apropriada
As suas refeições serão confeccionadas em menos tempo e evita perdas desnecessárias de energia!
8. Aproveite as vantagens da tarifa bi-horária
Se tem contratada uma tarifa bi-horária, aproveite as horas em que a energia está mais barata para adiantar algumas receitas. Comece então os seus preparativos na noite anterior, a partir das 22h00 (hora de vazio) e tente confeccionar já algumas das entradas ou sobremesas que pretende colocar na mesa de natal.

Arrumar também tem os seus truques!
9. Lavar a loiça à mão pode sair caro
Para além de não ser uma atividade muito prazerosa, lavar a loiça à mão gasta mais água e energia do que pensa! Assim, quando o jantar terminar, coloque todos os pratos na máquina de lavar. Certifique-se, no entanto, de que a carga está completa e que o programa que utiliza não recorre a
altas temperaturas.
10. Evite o desperdício alimentar
É certo e sabido que nestes dias, sobra sempre comida! Por isso, guarde já um espaço no congelador para armazenar alguns destes excedentes. Com isto, evita não só o desperdício alimentar como também de gastar energia a preparar novas refeições.


Artigos relacionados
Comentários
Loading...