De certeza que tem a saúde em dia?

Se ainda não retomou a vigilância de rotina com o seu médico, não adie mais. Marque a sua consulta, proteja a sua saúde.

Desde o início da pandemia muitas pessoas abandonaram as visitas de rotina ao seu médico assistente e ainda não as retomaram.

Passaram quase 18 meses! É muito tempo para estar sem contacto com o médico, alerta Daniel Beirão, Medicina Geral e Familiar.

.

Há um intervalo ideal entre consultas?
Não havendo outra indicação, os adultos – mulheres ou homens – devem fazer uma consulta anual com o médico assistente de medicina geral e familiar.

É este acompanhamento regular que permite construir uma relação de continuidade de cuidados:

  • Conhecer os hábitos, a história pessoal e familiar de saúde e aconselhar sobre necessidades específicas ao longo das fases da vida;
  • Aconselhar sobre promoção da saúde e prevenção de doença, para ser possível uma vida longa e saudável;
  • Identificar atempadamente necessidades de saúde física ou psicológica;
  • Orientar a realização de exames e coordenar a ligação que seja necessária com médicos de outras especialidades para rastreio e diagnóstico precoce possível de diversas doenças.

Ter a iniciativa de manter o seguimento médico de rotina, fazer os exames e rastreios preconizados e adotar os hábitos de vida saudável que forem aconselhados deve ser uma tarefa como qualquer outra no nosso dia-a-dia:

  • Mantém-nos mais protegidos de problemas de saúde;
  • É o melhor investimento, por prevenir custos em saúde evitáveis, seja individualmente ou para a sociedade.
  • Retome o contacto com o seu médico: Mesmo que depois da última consulta não tenha tido oportunidade de fazer os exames pedidos na altura, marque uma nova consulta.

O seu médico saberá por onde começar e dará as orientações sobre o que é preciso fazer depois de ter passado tanto tempo sem o ver.
Se mudou de residência para longe do seu médico também não tem desculpa.
Está na altura de pensar num novo médico assistente ou até de tirar partido das novas tecnologias;
Saiba se o seu médico assistente faz videoconsultas e aconselhe-se sobre a melhor forma de retomar o seguimento.

E a saúde do resto da família?
Tem crianças e jovens sob a sua responsabilidade? Lembre-se da vigilância regular pelo pediatra.

Ouvimos falar todos os dias da vacinação contra a COVID-19. E o resto das vacinas do programa nacional de vacinação ou outras que sejam aconselhadas, não ficaram esquecidas?

E a visita anual ao ginecologista para as mulheres, seja em idade fértil ou depois da menopausa, quando foi a última vez?

Tanta coisa para resolver com o seu médico assistente…

Não adie mais, marque a sua consulta, proteja a sua saúde, a saúde da sua família e a de todos nós.

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...