Jantar cedo emagrece? Vejamos a resposta dos especialistas

O horário das refeições importa para quem quer emagrecer. Isso deve-se ao ritmo circadiano, uma espécie de relógio biológico que regula todo o metabolismo, inclusive a digestão.

Quem janta mais cedo pode perder mais peso do que quem janta mais perto da altura de ir dormir. Tomar café da manhã mais tarde ou seguir o jejum intermitente parece gerar o mesmo efeito.

De acordo com um estudo de 2020 do Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, o fato de mudar o horário de uma refeição pode gerar impacto na queima de gordura e na perda de peso.

De acordo com a pesquisa, «jantar tarde tem relação direta com o ganho de peso uma vez que aumenta os níveis de açúcar no sangue e reduz a queima de gordura».

Para quem sofre de diabetes ou obesidade, o impacto de jantar perto da hora de dormir pode ser ainda mais negativo.

É preciso que, além de jantar mais cedo, exista um plano alimentar com déficit calórico que favoreça o emagrecimento.

Jantar cedo emagrece mesmo e a culpa disso é das hormonas, especialmente a insulina e o cortisol.

A insulina é responsável por mandar energia para as células, um caminho que demora cerca de 3 horas para acontecer. Logo, comer perto da hora de dormir é mau, uma vez que essa etapa não fica concluída antes do sono.

O cortisol fica mais elevado a meio da madrugada durante o sono. A combinação de níveis baixos de insulina com níveis altos de cortisol favorecem a queima de gordura.

Mas quando se janta muito tarde e depois vai dormir, a insulina não tem tempo de fazer o seu trabalho. E níveis altos de insulina inibem o cortisol e prejudicam a queima de calorias. Logo, jantar tarde favorece o acumular de gordura.

Mais há mais benefícios em jantar cedo:

  • Melhora o sono
  • Protege o coração

 

 

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...