Opinião: Pela sua saúde, não dê com a língua nos dentes

Artigo de opinião de Khaled Kasem chefe ortodontista da Impress

Desde cedo que se ouve falar da importância de manter uma postura corporal correta para evitar dores de cabeça ou lesões na coluna, mas quantas vezes se ouve falar da importância da posição da língua?

Por Khaled Kasem chefe ortodontista da Impress

São vários os especialistas que indicam que existe uma posição correta para a língua, na qual a ponta da língua deverá estar em contacto com o céu da boca, e quando esta não se verifica, há uma série de problemas associados que devem ser tidos em conta.

Nesse sentido, apesar de parecer apenas um mau vício, quando a língua não é colocada na posição devida, a saúde pode ficar comprometida.

Desalinhamento dos dentes

O desalinhamento dos dentes pode ser o efeito mais rápido e notório de um mau posicionamento da língua. O hábito de posicionar mal a língua pode ser desenvolvido ainda em criança, fruto do uso excessivo de chupetas ou da sucção de dedo. A longo prazo, estes vícios prejudicam a dentição e, muitas vezes, levam a que as crianças tenham de usar aparelho ortodôntico para corrigir a estrutura oral. No limite, este mau posicionamento poderá levar à perda de dentes.

Estes hábitos devem ser eliminados antes dos 2 a 3 anos de idade, para que não tenham implicações no futuro e caso persistam, além do aparelho, pode haver necessidade de recorrer a um terapeuta da fala para evitar problemas futuros.

Problemas respiratórios

A posição da língua afeta a respiração por diversos motivos, nomeadamente, pelo facto de obstruir as vias respiratórias. Além disso, por motivar ou forçar a respiração pela boca, o mau posicionamento da língua promove ainda o ressonar, o que acaba por prejudicar também a qualidade do sono. Os pacientes que respiram – erradamente – pela boca sofrem com bastante frequência de boca seca, halitose (mau hálito) e verificam um risco acrescido do aparecimento de cáries dentárias.

Problemas no posicionamento ósseos

O posicionamento errado da língua faz desenvolver problemas no posicionamento ósseo da face. Além de influenciar a dentição, o mau posicionamento da língua tem também consequências na formação e posicionamento de partes da face, com implicações estéticas, como o deformar das maçãs do rosto. Estes problemas devem ser enfrentados durante os anos de crescimento, onde, corrigindo a posição da língua, se pode evitar uma deformidade óssea permanente. Porém, nos casos em que o paciente é adulto, estes problemas só podem ser corrigidos com cirurgia.

Os problemas anteriores podem ser evitados ou solucionados com terapia ou com placas de reposicionamento da língua.

Ler Mais


loading...
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

71 − = 66