Estudo: beber sangue contra o envelhecimento

Um grupo de investigadores britânico acredita que beber sangue reduz o risco de contrair doenças associadas ao envelhecimento.

Este grupo de investigação, da UCL (Colégio Universitário de Londres), conduziu um estudo que concluiu que beber sangue de pessoas jovens ajuda a viver por mais tempo, bem como a reduzir o risco de doenças associadas ao envelhecimento, como o cancro e doenças cardíacas.

Embora o envelhecimento seja um processo natural, a ciência continua à procura de uma forma de o contrariar, e é isso que este grupo de investigação acredita ter encontrado. No entanto, com uma amostra de apenas 70 indivíduos neste estudo, serão necessárias novas investigações para chegar a conclusões mais credíveis.

O estudo expôs os 70 adultos, com mais de 35 anos, à toma de plasma do sangue de jovens voluntários com idades compreendidas entre os 16 e os 25 anos. Tal como se verificou com os ratos de laboratório, também nos humanos se observou a melhoria nos biomarcadores das principais doenças associadas ao envelhecimento.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Josefinas abre lojas pop-up em Braga e Lisboa
Automonitor
Cepsa Black Week começa esta sexta-feira