Quer saber como pode poupar energia e euros na utilização do frigorífico e do congelador?

Os frigoríficos, congeladores ou combinados fazem parte de um grupo restrito de eletrodomésticos que está ligado 24 sobre 24 horas.

Podíamos encará-los como os maus da fita, uma vez que são responsáveis por cerca de 20% do consumo energético de uma habitação. Mas não vale a pena, refere o site endesa.pt. Vamos concentrar-nos no que podemos fazer para reduzir o consumo energético e poupar ao máximo no final do mês.

O que ter em conta antes de comprar um novo equipamento?
Se está a pensar em comprar um equipamento novo, é preciso ter algumas questões em consideração de forma a escolher o modelo indicado e a poupar o máximo possível.

  • Escolha o modelo indicado para as suas necessidades: o tipo de equipamento e a sua capacidade são questões que deve ter em conta na escolha de um novo equipamento. Pode optar por um frigorífico sem congelador, com congelador, combinado, americano ou encastre. Para determinar a capacidade do seu eletrodoméstico tenha em atenção a dimensão do seu agregado familiar.
  • Escolha o sistema de frio adequado: se optar por frigorífico com congelador, combinado ou frigorífico americano, existem vários sistemas de frio à sua disposição, nomeadamente, no frost, estático, ventilado e low frost.
  • Aposte na Eficiência Energética: uma vez que o frigorífico é um equipamento que está sempre ligado, opte por uma classe energética mais elevada, entre A e A+++. Um aparelho de classe A+++ é mais caro, mas pode consumir 80% menos de energia do que um de classe D. Mas atenção, é preciso fazer uma utilização correta do eletrodoméstico, caso contrário, não conseguirá usufruir das suas vantagens.

O que fazer para reduzir o consumo energético do equipamento?

Se já tiver um frigorífico para chamar de seu e não pretender trocar de equipamento tão cedo, existem alguns truques que o podem ajudar a poupar no final do mês:

  • Coloque o equipamento num local fresco e ventilado, afastado de fontes de calor e da exposição solar, permitindo que o sistema de circulação de ar, situado na parte traseira do mesmo, funcione corretamente.
  • Coloque o equipamento a 10 cm de distância de paredes e móveis: isto vai permitir uma ventilação adequada e evitar maiores gastos de energia e o mau funcionamento ou danificação do compressor e do motor.
  • Não abra constantemente o frigorífico: evite abrir e fechar frequentemente as portas do equipamento nem o mantenha aberto durante muito tempo. Além disso, certifique-se que as portas estão bem fechadas.
  • Regule a temperatura: a temperatura deve rondar os 3ºC no frigorífico, evitando temperaturas abaixo dos 0ºC e acima dos 5ºC, e não deve ultrapassar os -18ºC no congelador.
  • Descongele o congelador periodicamente: desta forma evita a criação de placas de gelo, que dificultam o funcionamento e aumentam o consumo de energia.
  • Atenção às borrachas: se não estiverem em condições, troque-as uma vez que podem aumentar o consumo de energia caso não estejam a reter corretamente o frio.
  • Aposte na limpeza: limpe o condensador de três em três meses e retire o gelo acumulado do congelador com regularidade, caso contrário o consumo de energia vai aumentar.
  • Férias prolongadas: se vai passar uns bons dias fora, aproveite para esvaziar o frigorífico, assim poupa no supermercado e pode desligar o aparelho da corrente, abrir as respetivas portas e sair descansado para as sua férias.


Artigos relacionados
Comentários
Loading...