Reduza a tensão arterial para prevenir o risco de demência

è o resultado deste estudo.

Um estudo global que envolveu mais de 28 mil pessoas avança que a redução da tensão alta em idosos pode reduzir o risco de demência.

Realizado na Universidade de Nova Gales do Sul, na Austrália, o estudo examinou a relação entre tensão arterial e demência, analisando cinco ensaios randomizados duplo-cegos, controlados por placebo, que usaram diferentes tratamentos para baixar a tensão arterial. Os pacientes foram acompanhados até o desenvolvimento de demência.

No geral, a meta-análise incluiu 28.008 pessoas de 20 países com idade média de 69 anos e histórico de tensão alta. Em todos os estudos, os participantes foram acompanhados durante pouco mais de quatro anos, em média.

Os cientistas descobriram que houve um efeito significativo do tratamento na redução das possibilidades de demência associada a uma redução sustentada da tensão arterial nesta população mais velha, independentemente do tipo de tratamento de hipertensão usado.

Para os cientistas, «estes resultados podem ajudar as autoridades a projetarem medidas de saúde pública para retardar o avanço da demência e avançar o tratamento, já que pode haver hesitações sobre até que ponto reduzir a tensão arterial na velhice».


loading...
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

+ 75 = 85