Saiba como prolongar a vida do seu computador…e poupe alguns euros

Explicamos tudo já de seguida.

Os computadores são uma ferramenta multiusos, são poderosas ferramentas de trabalho, como também servem para entreter nos tempos livres, por isso pretendemos sempre que estes tenham o maior tempo de vida útil possível.

A Dynabook Europe GmbH celebra o Dia da Segurança dos Computadores, que decorrerá no dia 30 de Novembro, com dicas que irão ajudar a cuidar da saúde dos seus dispositivos, de modo a que tenham uma vida útil mais longa possível e que ao mesmo tempo proteja os seus dados.

 

O computadores são um dos maiores contribuintes para o lixo eletrónico produzido em Portugal, que segundo a Associação Zero tem apresentado falhas no processo de reciclagem dos resíduos eletrónicos. Na União Europeia menos de 40% dos equipamentos são reciclados, após o fim do seu uso, tornando-se em entulho e poluindo o meio ambiente.

 

A vida útil de um computador doméstico ronda os quatro anos, contudo a nível empresarial, o ciclo de vida destes equipamentos por vezes é maior, visto que pode requerer um grande investimento no momento da sua aquisição. Apesar de no relatório realizado pela Dynabook “Um Guia para as PMEs adotarem o Híbrido Permanente”, as empresas estarem dispostas a investir mais nas TI, não é razão para que estas se descartem de todos os equipamentos.

 

Para tal a Dynabook prepara esta lista de dicas para manter os seus equipamentos de boa saúde.

Adoção de uma atitude preventiva: Os Ciberataques são uma constante, ataques de phising, ransomware entre outros, são cada vez mais comuns. Estes ataques são extremamente perigosos não só para o equipamento como para a segurança do utilizador e da empresa, que pode estar a ser o ponto de entrada para os hackers. Por isso é necessário ter o máximo cuidado sobre os ficheiros e correio eletrónicos que abre, sites que visita.

Manutenção dos softwares atualizados: Esta dica, apesar de ser simples não é uma questão totalmente otimizada, pois devemos garantir a atualização dos softwares que utilizamos no nosso dispositivo, a fim de corrigir as falhas de segurança que surgem para aproveitar essas falhas.

Atualização de componentes: Os computadores são construídos na sua grande maioria de forma modelar, o que significa que há componentes que podem ser trocados e que melhoram a experiência. Exemplo disso é a memória RAM, onde a sua substituição leva a que o dispositivo gira melhor as aplicações ativas, evitando situações de lentidão e sobreaquecimento do dispositivo.

Atualização dos drivers: Para além dos softwares que regularmente utilizamos, devemos também atualizar as versões mais recentes das drivers dos componentes dos dispositivos. Uma atualização destes drivers, garante uma melhor utilização do dispositivo, através de uma melhor compatibilização entre componentes.

Manter os componentes internos limpos. Um dos maiores inimigos é a sujidade que se acumula nos computadores. Com a utilização diária, é normal que se acumule pó no dispositivo, contudo este deve ser limpo periodicamente, a fim de retirar a sujidade que nele se acumula. Que pode provocar problemas de refrigeração no dispositivo.

Cuidados com a bateria. Atualmente as baterias não viciam, estas funcionam por ciclos completos de carga de 0% a 100%. As baterias atualmente perdem capacidade, ao fim de um certo número de ciclos. Para manter durante o máximo de tempo a capacidade da sua bateria, é recomendado que não deixe a bateria descarregar na sua totalidade, porque as baterias requerem uma maior potência no início do ciclo de carga, pelo que carregue o dispositivo quando este chegue aos 20% e que a bateria deve ser carregada na sua totalidade, em casos de necessidade, pois requer um esforço adicional não só por parte da bateria como do próprio carregador no carregamento a partir dos 80%. Este esforço gera um calor extra que a medio longo prazo, não favorece a saúde das baterias.

Ler Mais


loading...
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

− 2 = 8