Substâncias extraídas da cannabis podem ajudar a tratar doenças neurológicas? Estudo diz que sim

Quem o afirma é este estudo. E as doenças são Alzheimer, esclerose múltipla, esquizofrenia e depressão.

A revista científica European Archives of Psychiatry and Clinical Neurosciences publicou recentemente um estudo realizado por investigadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) no Brasil, de acordo com o qual canabinoides (substâncias extraídas da Cannabis) podem ajudar no tratamento de doenças neurológicas como Alzheimer, esclerose múltipla, esquizofrenia e depressão. 

De acordo com estes investigadores, os canabinoides «podem alterar mecanismos fundamentais para a produção de energia celular, a criação de novas células, a movimentação delas para outras partes do cérebro ou até a sua morte delas».

«Modificar a proliferação, o ciclo e a morte celular pode ser essencial para conferir neuroproteção; modular as vias de migração e diferenciação celular pode influenciar o desenvolvimento de um perfil mais saudável nas células neuronais».

Apesar de ser necessário proceder a novos estudos e maneiras de usar os canabinoides contra as doenças, esta é uma descoberta é essencial para avançar no desenvolvimento de medicamentos que tratem condições neurológicas que, muitas vezes, não possuem tratamento.

 


Artigos relacionados
Comentários
Loading...