Tem a certeza de que os seus descontos para a reforma estão certos?

Tenha cuidado. Muito cuidado. Qualquer erro pode ter graves consequências no valor da sua reforma ou até mesmo no subsidio de desemprego.

De vez em quando vêm a público histórias de contribuintes que parecem ter descoberto erros graves nas suas declarações de descontos à Segurança Social. São surpreendidas por falhas no número de anos de descontos, e só dão conta quando se preparam para rever a sua carreira contributiva como forma de preparação do pedido de reforma.

E você, tem a certeza que os seus valores estão certos?

Felizmente hoje em dia o processo de verificação da sua situação não exige perder uma inteira manhã no processo assombroso da burocracia do Estado. É mais simples do que imagina. Para tal basta aceder ao site da Segurança Social e clicar em “Segurança Social Direta”. Terá que inserir a sua senha de acesso. Caso a tenha esquecido não se preocupe, pode solicitar um envio de uma nova na homepage da Segurança Social Direta.

Após este momento é muito simples. Apenas terá que escolher entre as várias categorias de informação e verificar os dados que a Segurança Social tem a seu respeito. Confira se tudo está ok. No caso de descobrir algum erro deverá deslocar-se pessoalmente assim que lhe seja possível aos serviços de atendimento para corrigir a situação.

Infelizmente são conhecidos alguns casos de burlas de contabilistas que acabam por esconder os dinheiros dos seus clientes; outros casos de simples esquecimentos ou de empresas que por dificuldades financeiras decidem não declarar os descontos sem o conhecimento dos trabalhadores.

Todo o cuidado é pouco. Os especialistas recomendam assim que verifique com regularidade a sua página da Segurança Social tal como se esta se tratasse da sua conta bancária e fosse conferir se tinha lá “entrado” o valor do seu ordenado ou não.

É certo que dá algum trabalho, mas é a sua reforma que está em causa.

Até lá, em caso de necessitar de obter um subsidio de desemprego, uma baixa ou licença de maternidade é essencial que os seus descontos estejam “em ordem” de forma a garantir que o valor que irá receber não é mais baixo do que devido.

Assim, tal como diz o ditado popular: não deixe para amanhã o que pode verificar ainda hoje.

 

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Josefinas abre lojas pop-up em Braga e Lisboa
Automonitor
Lexus estreia primeiro elétrico UX 300e na China