“Terras do Demo”. Obra icónica de Aquilino Ribeiro reeditada

Livro regressa 100 anos depois com capa que remete para o original.

O neto de Aquilino Ribeiro e a Bertrand Editora quiseram comemorar o centenário de uma das obras mais distintas da literatura portuguesa, “Terras do Demo”, com a sua reedição já no mercado. A esta iniciativa associaram-se a fundação com o nome do escritor e os três municípios das Terras do Demo (Moimenta da Beira, Sernancelhe e Vila Nova de Paiva). Até meados de junho decorrem, ainda, mais de uma dezena de eventos nos três concelhos, em Aveiro e na Junta de Freguesia de Alvalade, em Lisboa, onde o escritor residiu.

Com prefácio de Ana Isabel Queiroz e ilustrações de Abel Manta, esta reedição relembra um cenário onde a natureza e, muitas vezes, o diabo ditam as suas leis. Fidalgos, ciganos, almocreves, estalajadeiros, alcoviteiras e padres são algumas das personagens, que em “Terras do Demo”, de Aquilino Ribeiro, sonham por um futuro melhor.

Este é um romance que transporta o leitor ao coração da geografia sentimental do autor, pois essas são as terras onde nasceu, por onde andou durante uma grande parte da sua juventude, e às quais, muitas vezes, regressou. Com um século de história desde a sua publicação original, “Terras do Demo” é agora reeditada pela Bertrand Editora.

Género: Romance

Páginas: 272

Editora: Bertrand

Artigos relacionados
Comentários
Loading...