10 dicas infalíveis para poupar nos dados móveis do seu telemóvel

Verdade seja dita: hoje em dia já quase ninguém passa sem dados móveis.

Seja para manter contacto, reservar um bilhete de avião, ver o tempo, saber como chegar a qualquer lugar ou até para pagar as contas da casa, os smartphones tornaram-se extensões de nós mesmos.

Mesmo que a oferta das operadoras se tenha adaptado e simultaneamente potenciado certos hábitos de utilização de internet no telemóvel, a verdade é que ainda há quem precise de racionar bem o plafond de dados móveis todos os meses, para não apanhar um susto com a conta do telemóvel ao fim do mês.

E se lhe dissermos que pode fazer muito mais com os dados móveis que tem sem grande esforço?

Basta seguir as dicas que lhe propomos e verá que poderá reduzir até metade a utilização dos dados móveis mensais:

Utilize o Wi-Fi sempre que possível
Informe-se sobre a localização de hotspots
Aposte na utilização de uma aplicação de gestão de dados móveis
Google Maps: faça o download prévio de mapas através do Wi-Fi
Desative as notificações por push
Saiba gerir as atualizações do sistema
Desative o download automático de imagens
Reduza a utilização de dados no Chrome
Cancele a reprodução automática de vídeos no Facebook
Confirme se poderia estar a pagar menos por mais dados móveis

1) Utilize o Wi-Fi sempre que possível
Esta é a regra de ouro, e talvez seja um pouco óbvia, mas é fácil esquecer-se deste detalhe se tem os dados móveis sempre ligados. Se não estiver a fazer uso do telemóvel, a internet continua a funcionar.

Por isso, conecte-se ao Wi-Fi sempre que puder. Este detalhe, embora pequeno, fará diferença no final do mês.

2) Informe-se sobre a localização de hotspots
Os hotspots são zonas definidas pelas operadoras, a partir das quais pode aceder a internet grátis. Neste caso, apenas a MEO e NOS é que fornecem pontos de hotspot, e a boa notícia é que não se limitam ao território português, estando presentes por todo o mundo.

Para beneficiar do hotspot, basta iniciar sessão com o seu registo de cliente. Depois, navegue por quanto tempo quiser e sem qualquer custo associado.

3) Aposte na utilização de uma aplicação de gestão de dados móveis
Através da sua aplicação oficial, a sua operadora disponibiliza-lhe informação relativa a faturas, plafond de dados, minutos e SMS grátis que ainda tem disponíveis, entre outros detalhes relativos a cada tarifário.

Existem outras aplicações com informações ainda mais discriminadas sobre os seus gastos de dados móveis, como é o caso da My Data Manager, por exemplo.

Este tipo de aplicações mostra-lhe quanto é que cada app está a gastar de internet através de uma demonstração de gráficos com a média de utilização. Para além disso, pode definir alarmes para saber quando está a ultrapassar determinado limite de dados.

Quer dados moveis extra?
Sabia que existem tarifários que possuem dados móveis extra para determinadas apps, permitindo, assim, poupar imenso? Se é dos que chega ao final do mês aflito com os dados móveis que já gastou com inúmeras aplicações, aconselhamos a contratar este tipo de tarifário.

4) Google Maps: faça o download prévio de mapas através do Wi-Fi
Os mapas podem gastar muita internet, principalmente se tiver muitas pesquisas para fazer, como acontece quando está numa zona que não conhece e precisa de direções.

Com o Google Maps não precisa de ter conexão à internet para usufruir das funcionalidades da aplicação. Basta que, enquanto tiver ligação ao Wi-Fi, gravar um mapa.

O processo é simples. Uma vez aberta a aplicação, selecione “Mapas Offline”. A partir daí, escolha a área que quer gravar, seja um quarteirão, um bairro ou uma cidade. Depois poderá aceder-lhe tantas vezes quantas queira, como se tivesse ligação à internet.

5) Desative as notificações por push
De cada vez que o seu telemóvel dá notificações, significa que, basicamente, utilizou dados móveis para atualizar cada aplicação à procura de nova informação: acontece sobretudo com notícias e e-mails.

No entanto, muitas das vezes em que o telemóvel faz essa “pesquisa” não há qualquer novidade a apresentar. Logo, gastou dados móveis sem necessidade.

Se desativar esta sincronização, terá apenas de ir consultar a aplicação de cada vez que quiser saber se tem novas informações.

6) Saiba gerir as atualizações do sistema
De vez em quando, o sistema operativo tem de ser atualizado. Este processo é automático e, para tal, a internet é necessária. Nas definições do sistema, pode selecionar a opção para que essas atualizações sejam feitas apenas quando há Wi-Fi.

7) Desative o download automático de imagens
Por norma, em aplicações de mensagens instantâneas, tais como o WhatsApp ou o Facebook Messenger, o download das imagens e dos vídeos que receber é automático e imediato – a não ser que altere esta predefinição na própria aplicação.

Assim, pode escolher quais os ficheiros multimédia que pretende descarregar no momento ou simplesmente descarregá-los apenas quando tiver Wi-Fi.

Esta funcionalidade pode também ser desativada no Gmail.

8) Reduza a utilização de dados no Chrome
Se costuma utilizar o browser Chrome, pode escolher reduzir o uso de dados nas definições da própria aplicação.

No fundo, o que acontecerá será uma condensação de imagens e outro tipo de ficheiros mais pesados dos quais não precise e que lhe estejam a consumir dados móveis.

9) Cancele a reprodução automática de vídeos no Facebook
Uma característica implementada pelo Facebook há alguns anos atrás, a reprodução automática de vídeos, é uma funcionalidade imediata que pode acabar por ser um pouco desagradável, pois contribui para o desperdício de dados quando está simplesmente a navegar pelo seu feed de notícias.

Ainda por cima, em breve a reprodução automática irá estender-se também ao áudio dos vídeos, o que fará gastar ainda mais dados móveis.

Por isso, o melhor é desativar esta funcionalidade e verá o seu plafond de dados móveis “esticar” consideravelmente.

10) Confirme se poderia estar a pagar menos por mais dados móveis
Quando é que foi a última vez que fez uma pesquisa pelas ofertas de tarifários, tanto da sua operadora como de outras?

Já considerou associar o seu número ao seu pacote de TV Net Voz e reduzir assim a sua mensalidade? Uma boa forma de explorar as suas opções é comparar rapidamente todas as que existem e ver qual é que sai mais em conta de acordo com aquilo que procura.

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...