5 erros que deve evitar ao utilizar a máquina de lavar loiça

Estes pequenos gestos podem estar a interferir com a eficácia da lavagem

É natural que acredite que sabe utilizar bem a sua máquina de lavar loiça. Afinal, quão complicado pode ser? Sendo certo que este tipo de equipamento doméstico foi criado para simplificar a nossa vida, a verdade é que nem sempre seguimos algumas importantes recomendações.

É frequente que os pratos, taças e copos não acabem tão limpos como desejaríamos. Nem sempre estas máquinas conseguem remover totalmente toda a sujidade. Habitualmente quando isto acontece é porque se está a cometer um erro na utilização do equipamento, que acaba por interferir com a sua eficácia.

[Leia também: 6 dicas para aproveitar ao máximo o espaço do seu frigorífico]

De acordo com os especialistas do portal BestLife, este são alguns dos erros mais comuns que deve (mesmo) evitar ao lavar a sua loiça na máquina.

 

  1. Não selecionar a temperatura mais correta

Ao escolher temperaturas mais reduzidas pode estar a limitar a limpeza dos seus utensílios. As temperaturas altas são absolutamente necessárias para garantir a eliminação de germes e bactérias. De acordo com um estudo publicado no Saint Martin`s University Biology Journal , a bactéria E-coli, por exemplo, cresce a um ritmo bastante mais superior a 37 graus do que a 45 graus.

 

  1. Encher demasiado

No que diz respeito às máquinas de lavar: menos é mais. Uma máquina cheia de pratos, copos e outros utensílios é menos capaz de limpar eficazmente. Ao colocar menos coisas no interior da máquina vai permitir que a água se possa mover de uma forma mais livre, aumentando a probabilidade de os seus pratos ficarem bem lavados.

 

  1. Juntar talheres do mesmo tipo

Pode parecer mais prático colocar todos os garfos perto uns dos outros num compartimento, todas as facas lados a lado, colheres, etc. Apesar deste agrupamento poder simplificar o processo de arrumação a verdade é que pode complicar a limpeza dos utensílios. Quando mais semelhantes, maior será a probabilidade de acabarem “colados” ou presos uns aos outros, impossibilitando a correta circulação da água. Misture os diferentes tipos para obter melhores resultados.

 

  1. Agrupar pratos por tamanhos

Seguindo a mesma lógica, se quiser garantir a ótima circulação de água ao longo de todo ciclo de lavagem não deve ter o hábito de arrumar os pratos por tamanho. O ideal é mesmo ir alternando entre pratos mais pequenos e maiores. Assim tudo ficará limpo de uma forma mais uniforme.

 

  1. Colocar os itens maiores na parte da frente

Algo que deve sempre evitar é colocar os objetos maiores na parte da frente da máquina, junto à porta. Estes tipos de tachos, pratos ou frigideiras podem acabar por bloquear a correta distribuição do detergente que é libertado do compartimento existente na porta. De preferência coloque estes utensílios na parte mais traseira da máquina.

 

  1. Não limpar o filtro com a frequência devida

Se tem o hábito de limpar o filtro dos seus aquários, da sua piscina ou aspirador, então porque razão não faz o mesmo ao filtro da sua máquina? A única forma de garantir que os seus pratos continuarão a ser lavados eficazmente é limpando regularmente o filtro da máquina. Pelo menos de dois em dois meses deve ter este cuidado.

 

[Leia também: Estas são as 10 coisas que deve (mesmo) limpar todos os dias]

 

 

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...