Afinal quantos centímetros de altura perdemos à medida que envelhecemos?

Aviso: estas alterações são variáveis, mas todos normalmente acabamos por ficar um pouco mais pequenos.

“Habitualmente as pessoas a partir dos 40 anos perdem cerca de 1.27 cm a cada 10 anos”. Este é o alerta deixado pelo especialista Andrea Singer, chefe médico da National Osteoporosis Foundation, em entrevista ao portal Considerable.

Estudos apontam para que esta perda de altura esteja relacionada com o impacto negativo do envelhecimento nos ossos, músculos e articulações. Sobretudo os discos da coluna vertebral parecem ser as principais vítimas deste lento processo de degradação. Estas estruturas espinhais existem entre as nossas vertebras, protegendo contra os choques e mantendo a flexibilidade da coluna. No entanto à medida que envelhecemos estes discos vão perdendo alguns fluídos e assim acabam por se desgastar com maior facilidade.

[Leia também: 20 coisas que o estão a fazer envelhecer mais rápido (e que pode mudar)]

Esta situação faz com que os discos percam algum do seu volume, reduzindo desta forma o espaço que ocupam e, por conseguinte, a altura de uma pessoa. Para além destas estruturas ósseas, os músculos desempenham também aqui um papel importante.

A progressiva degradação muscular pode começar a partir dos 30 anos e contribuir para uma maior dificuldade em manter uma postura direita. Os músculos em redor do seu torso são particularmente relevantes para assegurar que não se mantém curvado, fazendo assim com que parece mais baixo do que é na realidade.

O facto dos seus pés perderem algum do seu arqueamento natural com o envelhecimento contribui igualmente para a perda de alguns milímetros ao longo da sua vida.

 

Pode a perda de altura ser sinal de algo mais grave?

Apesar desta perda de altura ser um processo natural, a verdade é que se esta assumir proporções mais extremas então isso pode ser um sintoma de algo mais grave. Uma perda significativa de altura pode ser um sinal de Osteoporose, segundo conclui um estudo publicado na publicação JAMA Internal Medicine.

A osteoporose é uma das doenças mais comuns que afeta os ossos. Só nos EUA estima-se que 10 milhões de pessoas sofram com este problema. Caso sinta que algo não está bem com a sua densidade óssea, é importante que consulte um especialista que consiga fazer um diagnóstico mais completo de forma a perceber se a sua perda de altura é algo natural ou não.

É importante reforçar que esta alteração no número de centímetros que compõe a sua altura é variável de pessoa para pessoa. Alguns indivíduos podem perder mais de 2,5 centímetros numa só década; outros só começam a registar estes sintomas depois dos 60 e 70 anos; e ainda algumas outras pessoas podem quase não perder nenhuma altura ao longo da sua vida.

 

Como abrandar este processo natural?

É impossível controlar e evitar completamente a perda de altura. No entanto existem algumas coisas que pode fazer para reduzir o seu impacto.

As pessoas tendem a acreditar que o exercício físico pode contribuir para desgastar ainda mais os discos vertebrais, no entanto os especialistas afirmam o contrário. De acordo com a doutora Michele Bellatoni, “exercitar e movimentar os músculos e a coluna é uma das melhores coisas que pode fazer para reduzir a perda de altura”.

Segundo esta especialista, manter os músculos fortes é essencial para garantir o correto posicionamento da sua coluna vertebral. Ajudando ainda a prevenir dores nas costas.

Uma boa dieta alimentar, rica em vitamina D e cálcio, será ainda fundamental para conseguir manter os seus ossos saudáveis após os 50, reduzindo assim também o risco de osteoporose.

 

[Leia também: Em busca de uma saúde de ferro? Evite os 8 piores criminosos da alimentação]

 

 

 

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...