Alimentar uma causa junta Fundação de Serralves e Universidade Católica Portuguesa do Porto

Saiba mais sobre a ação que vai decorrer durante o mês de janeiro.

Janeiro marca o início do Ciclo de Conversas “Alimentar uma causa”, uma iniciativa da Fundação de Serralves, que conta com a parceria científica da Universidade Católica Portuguesa no Porto.

De janeiro a dezembro de 2023, vão decorrer 11 sessões proferidas por docentes e investigadores da Universidade Católica Portuguesa no Porto de áreas que vão da Psicologia à Biotecnologia, passando pelo Direito e pela Gestão, e que terão como tema central a Alimentação.

A primeira Conversa é já no dia 29 de janeiro, às 11 horas, com Patrícia Oliveira e Silva, diretora do Human Neurobehavioral Laboratory (HNL) e vice-diretora da Faculdade de Educação e Psicologia da Católica no Porto. O tema será “Como as emoções são influenciadas pelo que comemos.

A Alimentação, vista de diferentes ângulos, é a protagonista deste ciclo de conversas e, em cada sessão, um tema diferente será explorado sob a perspetiva de áreas de conhecimento como a Neurologia, a Economia, a Sustentabilidade, o Justiça, a Saúde, entre muitas outras. O objetivo é permitir um caminho de reflexão em torno de uma área, que sensibilize para temas da atualidade e que promova uma visão integrada da Alimentação e de como esta afeta não só o nosso corpo, mas também a nossa sociedade.

Para Célia Manaia, vice-presidente da Universidade Católica Portuguesa no Porto, este ciclo de conversas “traz um olhar panorâmico e interdisciplinar sobre o tema Alimentação, indo do bem-estar ao prazer e da inovação tecnológica à sustentabilidade ambiental e social.” “Através de um único tema, criar-se-ão pontes e sinergias que realçam a importância da alimentação na sociedade, desde o impacto no nosso organismo a todas as atividades que lhes estão associadas, designadamente no desenvolvimento económico, ou na geração de emprego”, acrescenta.

O Ciclo de Conversas “Alimentar uma causa”, uma iniciativa da Fundação de Serralves, conta com a parceria científica da Universidade Católica Portuguesa no Porto, e vai contemplar a realização de 11 sessões, distribuídas por 11 domingos ao longo do ano. Nestas sessões vão ser abordados os temas: “Como as emoções são influenciadas pelo que comemos (Patrícia Oliveira e Silva, da Faculdade de Educação e Psicologia); “O vinho é uma coisa simples, ou talvez não” (Tim Hogg, da Escola Superior de Biotecnologia); “Leguminosas sem fronteiras: sustentabilidade e resiliência em tempos de crise” (Marta Vasconcelos, da Escola Superior de Biotecnologia); “Funcionalização dos alimentos e saúde” (Ana Gomes, da Escola Superior de Biotecnologia); “Os cidadãos e o desperdício alimentar: perspetiva jurídica” (Raquel Carvalho, da Escola do Porto da Faculdade de Direito, e Alexandra Afonso Ribeiro do CETRAD-UTAD); “Tendências e escolhas dos consumidores” (Maria João Monteiro, da Escola Superior de Biotecnologia, e de um membro da Portugal Foods); “Alimentação, Nutrição e Bem-estar!” (Marta Correia, da Escola Superior de Biotecnologia); “Economias, agriculturas e segurança alimentar” (Leonardo Costa, da Católica Porto Business School); “Vírus e bactérias (também) tornam alimentos seguros!” (Paula Teixeira, da Escola Superior de Biotecnologia); “O poder de uma embalagem! Mitos e factos” (Fátima Poças, da Escola Superior de Biotecnologia; “Inovação na sustentabilidade e regeneração” (João Pinto, da Católica Porto Business School). As sessões são de entrada livre, mas requerem inscrição prévia.

Ler Mais


loading...
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

48 + = 49