As 15 formas de pedir um café em Portugal. Conhece-as todas?

Tire as duvidas já de seguida.

Abatanado: é o café controverso: “são duas bicas mais um bocadinho de água“ ou “uma bica com um pouco de água“. Há quem diga que é exatamente a mesma coisa que um duplo.

Carioca: é um “segundo café”: ao colocar-se o grão na máquina, tira-se um café mas não se enche a chávena. Só depois é que se tira outro café, com os mesmos grãos, que desta vez irá sair mais fraco.

Italiana: café muito curto (no máximo até meia chávena).

Meia de leite: tira-se um café numa chávena grande e enche-se o restante com leite quente.

Galão: igual à meia de leite mas num copo.

Café duplo: duas dosagens de café numa chávena de meia de leite frio.

Pingado/pingo (no norte): é um café com um pouco de espuma de leite.

Descafeinado: também tem cafeína, no entanto, em menores quantidades do que um café normal.

Café em chávena escaldada: a chávena é aquecida na máquina de café através da pulverização com água muito quente.

Café em chávena fria: ou não aquecida (alguns sítios passam a chávena por água para arrefecer, noutros têm as chávenas no expositor das bebidas para ficar realmente fria).

Café com cheirinho: O “cheirinho” significa um toque de “bagaço” que também pode ser tomado como digestivo.

Café sem ponta: tira-se um café e só se coloca a chávena por baixo do manipulo depois de saírem as primeiras gotas.

Carioca de limão: não tem café, é apenas água fervida com uma casca de limão, num género de chá. Pode pedir-se também curto ou em chávena grande.

Café com gotas de limão: dizem que tira as dores de cabeça.

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...