Atenção: estes são os 3 traços de personalidade mais “negros” que deve (mesmo) evitar

Narcisismo, maquiavelismo e psicopatia? Perceba o que são e saiba como os identificar

Desde sempre que os estudos da psicologia se tem ocupado com a identificação de características de personalidade perigosas, capazes de gerar comportamentos ofensivos, inapropriados ou até criminosos.

Sendo certo que existe ainda um grande desconhecimento relativamente às causas e origens de certas patologias mais preocupantes é certo nas últimas décadas têm sido feitos progressos extraordinário na capacidade de identificar alguns destes traços de personalidade mais “negros”.

[Leia também: Sabe o que o seu tipo de assinatura revela sobre a sua personalidade?]

Uma das teorias mais conhecidas sobre este tema diz respeito à chamada “Tríade Negra”. Este corresponde ao grupo das 3 características de personalidade mais tóxicas ou nefastas: o narcisismo, o maquiavelismo e a psicopatia.

O narcisismo é um termo familiar que se aplica para descrever o tipo de pessoa que é obcecada com ela própria e que sente que é especialmente talentosa, única ou superior quando comparada com os outros. Esta característica pode manifestar-se de diferentes formas, dependendo do sujeito.

O maquiavelismo diz respeito a alguém que é enganador e dissimulado. Alguém que gosta de pensar em esquemas e gerar intrigas. Estas pessoas estão sempre focadas em vencer e derrotar os outros.

A psicopatia é uma patologia que descreve alguém com uma manifesta falta de empatia e que gosta de tomar comportamentos de risco. Esta é a origem da palavra “psicopata” e é algo que está associado a pessoas perigosas e desajustadas.

Certos especialistas defendem que deve ser incluída nesta tríade uma nova componente, uma quarta dimensão associada ao sadismo. Aqui descrever-se-ia o prazer e satisfação no provocar de dor aos outros.

De forma a medir a existência destes traços mais negros de personalidade uma equipa de psicólogos canadianos e americanos desenvolveu um teste que procura avaliar os níveis de narcisismo, maquiavelismo, psicopatia e sadismo através de um inquérito com 28 itens diferentes. Cada participante deve responde a cada uma das frases através de uma escala de 1-5 (de “discordo totalmente” até “concordo totalmente).

Eis o resultado final deste guião e projeto de investigação, partilhado no portal Psychology Today.

Narcisismo

  1. As pessoas consideram-me um líder natural.
  2. Tenho um talento natural para persuadir os outros
  3. As atividades de grupo tendem a ser aborrecidas sem a minha presença
  4. Sei que sou especial porque as pessoas me dizem isso constantemente
  5. Tenho qualidades excecionais
  6. É provável que me torne numa celebridade na minha área
  7. Gosto de me exibir de vez em quando

Maquiavelismo

  1. Não é sensato deixar que os outros conheçam os nossos segredos
  2. Custe o que custar, devemos ter as pessoas certas a nosso lado
  3. Evite confrontos diretos com certas pessoas pois elas podem ser importantes no futuro
  4. Mantenha um perfil discreto caso queira chegar longe
  5. Manipular uma situação requer planeamento
  6. Bajular alguém é uma boa forma de os conquistar
  7. Adoro quando um plano se revela bem-sucedido

Psicopatia

  1. As pessoas dizem que eu tenho falta de controlo
  2. Tenho tendência para lutar contra as regras e a autoridade
  3. Já tive em mais lutas físicas do que a maioria das pessoas da minha idade
  4. Tendo a agir e a fazer questões depois
  5. Já tive problemas com a Justiça
  6. Às vezes coloco-me em situações perigosas
  7. As pessoas que tendem a fazer-me “frente” acabam por se arrepender

Sadismo

  1. Uma luta entre duas pessoas entusiasma-me
  2. Gosto bastante de filmes e jogos violentos
  3. É engraçado quando certos idiotas caem no chão
  4. Gosto de desportos violentos
  5. Algumas pessoas merecem sofrer
  6. Já disse coisas maldosas nas redes sociais apenas para me entreter
  7. Sei magoar alguém utilizando apenas palavras

 

De acordo com a equipa de investigação, “apesar da sua brevidade este inquérito avaliar de uma forma aceitável certas propriedades psicométricas”. Conseguindo desta forma melhor identificar certas pessoas potencialmente perigosas ou “tóxicas”.

 

[Leia também: Está numa relação tóxica? Conheça os sinais]

 

 

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
Loading...