Leonardo da Vinci em biografia 500 anos depois da sua morte

Um dos maiores artistas da história é revisitado pelo autor da coleção “Pensar Como”.

Leonardo da Vinci e a sua história são conhecidos por todo o mundo, 500 anos volvidos da sua morte. Para celebrar esta efeméride, acaba de ser lançado, em Portugal, a obra “Pensar como Leonardo Da Vinci”, de Daniel Smith.

No dia 2 de maio de 1519 morreu Leonardo di Ser Piero da Vinci. As contribuições do génio italiano foram muitas e em praticamente todos os campos do conhecimento humano, pelo que Da Vinci foi um dos artistas mais completos que o mundo já conheceu.

Leonardo da Vinci em biografia 500 anos depois da sua morteExemplo do homem renascentista, da Vinci ficou famoso por conceber algumas das imagens mais icónicas da arte, na época quinhentista, em que se incluem as pinturas Mona Lisa e A Última Ceia. Mas, a vasta obra e a forma de ver a vida de um homem à frente do seu tempo influenciou e influencia diversas gerações de artistas e pensadores.

Ora, além de pintor, Da Vinci foi um reconhecido autodidata em muitas áreas, com obras em escultura, arquitetura, música, matemática, engenharia e anatomia. Ele fez a ponte entre artes e ciências e desenvolveu técnicas que ainda continuam a ser usadas.

Esta biografia junta-se à coleção «Pensar Como», que já continha as histórias de vida de Steve Jobs, Einstein, Churchill, Bill Gates, Stephen Hawking, Sigmund Freud e Nelson Mandela. Daniel Smith é o autor de todos os livros e é um escritor que se versa, também, em variados temas, desde política, economia e história social.

Género: Biografias

Páginas: 240

Editora: Vogais

Artigos relacionados
Comentários