Resolver problemas de mobilidade é o desafio do Hackathon de Lisboa

Maratona de participação gratuita vai reunir nas Carpintarias de São Lázaro, dias 17 e 18 de novembro, especialistas da tecnologia.

Foi apresentado, na passada terça-feira, dia 30 de outubro, o Mobility Hack ou Hackathon.

Sob a tutela da Mercedes-Benz.io e da Daimler Trucks & Busses Tech and Data Hub, o evento vai decorrer nos dias 17 e 18 de novembro, nas Carpintarias de São Lázaro, em Lisboa.

As inscrições são gratuitas e estão abertas até ao próximo dia 12 em mobilityhacklisbon.io, sendo que os prémios a distribuir pelas três melhores equipas atingem os 15 mil euros.

O evento tem o propósito de estimular os principiantes e especialistas no tema do Blockchain a criarem propostas criativas na resolução de desafios de mobilidade. Os concorrentes devem ter apetências nas área da programação, do design ou do desenvolvimento de produto e apenas precisam de levar o computador, vontade e energia para uma maratona de 24 horas.

Com início programado para as nove horas de sábado, os participantes vão poder resolver um dos três desafios propostos, debruçando-se sobre temas como, de que forma o blockchain cria confiança nos stakeholders, na medida em que torna os veículos mais fiáveis; como influencia na melhoria da infraestrutura para permitir o aumento dos veículos elétricos, e na a criação de mais e melhores opções de carsharing.

O Hackathon pretende, ainda, estimular a comunidade crescente na área do Blockchain a fazer networking.

Depois de Berlim, a Mercedes-Benz.io escolhe Lisboa como a segunda cidade para lançar este desafio. Já a Daimler Trucks & Busses Tech and Data Hub, vê este evento como uma hipótese ideal para se afirmar em Portugal.

Artigos relacionados
Comentários