Não bebe água com frequência? Conheça os efeitos da desidratação pode ter no seu corpo

Não consumir água suficiente pode tornar-se num sério problema.

A água é a substância mais importante que pode consumir. É este líquido que garante que os seus órgãos funcionam como devido, não será assim por acaso que se não beber água suficiente pode estar a contribuir para um sério problema de saúde que poderá eventualmente ser fatal. De acordo com o Rehydration Project, cerca de 1.35 milhões de pessoas morrem devido à desidratação em todo o Mundo.

Mas afinal o que acontece exatamente ao nosso corpo quando não bebemos os recomendados 7-8 (ou mais) copos de água por dia?

Os níveis de plasma diminuem

Quando temos uma quantidade insuficiente de água no nosso organismo, ficamos igualmente com uma dose insuficiente de plasma no nosso sangue. Porque é que isto é importante? Ora, sem uma dose apropriada de plasma no sangue os seus glóbulos vermelhos ficam mais concentrados, dificultando o transporte das importantes proteínas e nutrientes ao longo do fluxo sanguíneo.

O seu coração passa a ter que trabalhar excessivamente

Uma redução no fluxo de sangue, provocada pelo decréscimo do plasma, resulta num sangue mais espesso. Isto origina uma maior dificuldade na capacidade de operacionalização do sistema cardíaco, colocando em causa a correta distribuição do sangue ao longo dos vários músculos do seu corpo.

Em suma, uma falta de água no organismo, obriga o coração a trabalhar excessivamente para garantir que o sangue chega a todo o lado. É por isto mesmo que normalmente quando estamos desidratados o nosso batimento cardíaco é mais acelerado.

Fica com dores de cabeça

Um sangue mais espesso afeta igualmente outro dos seus órgãos mais vitais: o cérebro. A maior dificuldade em se distribuir corretamente pelo organismo, origina uma pressão arterial mais alta. Por sua vez isto cria uma maior chance de sentir dores de cabeças.

Os seus rins são obrigados a suster mais líquidos

Quando não bebe água suficiente é natural que repare que acaba por não ir tantas vezes à casa de banho. Isto acontece porque a desidratação obriga os seus rins a preservar mais água para um qualquer caso de emergência.

Se os seus rins se mantiverem neste estado durante muito tempo isto pode dar origem a sérios problemas de saúde. Para além de um maior risco de infeções urinárias, um incorreto funcionamento dos rins pode provocar outras doenças renais ou o completo colapso renal.

O seu corpo perde a capacidade de regular a temperatura

Suar é uma componente importante da função reguladora de temperatura corporal. O problema? Quando estamos desidratados e com falta de fluidos no corpo, todo este funcionamento é desregulado e o corpo é obrigado a preservar o máximo de líquidos possível.

A sua pele começa a sofrer

A falta de produção de suor afeta igualmente a sua pele. Quando estamos desidratados e como forma de poupar água, o corpo apenas envia este líquido para os órgãos mais vitais. Isto acaba por prejudicar a pele, que inevitavelmente acaba por sofrer com esta “desatenção”. É por isto mesmo que para assegurar que tem uma pele bem hidratada, deve garantir que bebe a dose diária recomendada de água.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Black Friday 2019 em números
Automonitor
FIA escolhe Braga como palco do Hill Climb Masters 2020