Oldushka, a agência de modelos para mais de 50

Na Rússia, a procura é grande, mas há outros mercados atentos aos manequins séniores.

A agência foi criada pelo fotógrafo, Igor Gavar, e no portfólio da Oldushka, a maioria dos seus profissionais têm idades superiores a 50 anos. Esta é, aliás, a base do seu conceito: um grupo de manequins séniores.

Homens e mulheres desafiam o tempo e, sobretudo, os padrões estéticos atuais. A Oldushka orgulha-se de a faixa etária dos modelos ter o teto nos 85 anos, o limite estabelecido pelo fundador da companhia, aquando da sua criação. A maior parte dos contratados já ultrapassou a barreira dos 60.

Por outro lado, Gavar, em entrevista à revista Vogue norte-americana, deu conta de que Sergey Arctica, com 45 anos, é o mais novo e que apenas o contratou «porque ele aparenta ser mais velho do que, na realidade, é», assumiu o empresário moscovita.

Muitas marcas russas contratam, meramente, para produções fotográficas destinadas a catálogos e outras simples campanhas publicitárias. Foi para aproveitar esse nicho de mercado que surgiu a ideia, ao mesmo tempo, que se criou um «instrumento para desconstruir os estereótipos» que assolam o mundo da moda. O fotógrafo russo mostrou-se orgulhoso sobre os seus modelos, pois «eles são um exemplo inspirador para mostrar que é possível ter uma aparência bonita e ter a sua idade», acrescentou.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Spotify reinventa (com humor) clássicos da música
Automonitor
Club MX-5 Portugal numa aventura pelos Vinhos do Alentejo